09/09/2014 09h13 – Atualizado em 09/09/2014 09h13

Criança de 1 ano é espancada em Campo Grande e pai, principal suspeito foge de casa

A mãe encontrou o filho machucado e questionou o marido que arrumou suas coisas e abandonou a casa

Da Redação

A Polícia Militar foi acionada, nesta segunda-feira (8), para atender a mais um caso de violência infantil. O menino de apenas 1 ano apresentava lesões na cabeça, rosto e abdômen, e o próprio pai é o principal suspeito de cometer as agressões.

De acordo com a delegada Regina Rodrigues Mota, titular da Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente), o bebê e a mãe, de 26 anos, foram encaminhados para a delegacia após uma denúncia anônima, que levou os policiais à casa da família.

Em depoimento a mulher revelou que neste domingo (7), saiu para trabalhar às 14 horas e só retornou às 22 horas. Neste período a criança ficou com o pai, de 24 anos. Quando chegou em casa encontrou o filho machucado e questionou o marido, com quem vive há 4 anos, não deu nenhuma explicação sobre o fato.

Ainda conforme a delegada, a mãe revelou que nesta manhã o companheiro arrumou as coisas e abandonou a casa. A mulher afirma que o pai da criança não trabalhava, só estudava e apresentava comportamento agressivo.

Segundo a delegada, familiares do menino serão ouvidos durante a semana. “Agora a investigação será para descobrir as causas e motivos”, explica “o caso já foi encaminhado para o Conselho Tutelar, e é provável que a criança fique com a avó materna, que se prontificou para ficar com a guarda do menino até o final do processo”.

Policiais militares seguem em diligência para localizar o paradeiro do agressor.

(*) Com informações de Midiamax

O menino de apenas 1 ano apresentava lesões na cabeça, rosto e abdômen, e o próprio pai é o principal suspeito de cometer as agressões (Foto: Divulgação/Assecom)

Comentários