Segundo a polícia, vítima contou que o homem dizia: “primeiro, vou matar seus filhos, depois mato você”

Um casal de irmãos, de 8 e 10 anos, ajudou a salvar a vida da mãe deles, na madrugada desta quinta-feira (12), em Santa Rita do Pardo. As informações são do G1.

O menino e a menina saíram de casa e foram sozinhos até a unidade da Polícia Militar para pedir ajuda porque a mãe, de 28 anos, estava sendo agredida pelo pai, de 42, em casa.

Quando os policiais chegaram na casa, ouviram a mulher pedindo socorro, entraram no imóvel e se depararam com o casal sentado na cama de um dos quartos, sendo que o homem segurava a mulher pelo braço e dizia que ela o estava traindo.

Segundo informações do boletim de ocorrência, a mulher contou que o casal está separado, mas o homem não aceita o fim do relacionamento. E pelo fato de terem filhos em comum, ainda estão morando na mesma casa.

Ela falou ainda aos policiais que conversava com o ex quando este passou a ofendê-la e ameaçá-la, dizendo: “Primeiro, vou matar seus filhos, depois mato você”. Na versão da mulher, o homem ainda a agrediu com socos, chutes, apertou os braços e o pescoço dela e tentou sufocá-la com cobertor.

O homem foi autuado em flagrante por ameaça e por lesão corporal dolosa em situação dolosa, ambos crimes em situação de violência doméstica.

Comentários