O esporte tem sido um aliado nessa nova fase da vida de Nany, que se prepara para a chegada de Júlia, buscando os benefícios do Crossfit para ela e a bebê

A advogada Nayara Soares Balbino Rover, a Nany, de 29 anos, treina Crossfit há 4 anos. Ela está em uma nova fase da sua vida, que inclui a rotina de crossfiteira. Grávida de 7 meses, ela mantém os treinos, mesmo que adaptados durante a gestação.

De segunda a sexta, a futura mamãe da Júlia dá o seu melhor nos treinos de Crossfit na Draxx, box que frequenta em Três Lagoas, cidade onde escolheu morar há 2 anos, depois de se mudar de Ilha Solteira (SP). Desde que ela e o marido,  Cleiton Herrera Rover, 39, souberam da gravidez – planejada – o objetivo dos treinos mudou e ela contou com apoio dele para continuar. “Nunca foi opção ter uma vida sedentária durante a gravidez. Não seria eu. Mudei o foco apenas. Antes era competir, agora é ter uma gestação saudável, ativa e garantir mais qualidade de vida”.

A jovem ainda esclarece que além da segurança na intensidade dos treinos ela também não deixou de redobrar os cuidados durante a pandemia do novo coronavírus com hábitos de higiene e proteção ao longo dos treinos e do dia a dia.

No apoio ao protocolo de um treino que seja funcional à Nany e que também promova benefícios à bebê, os coaches da Box adaptaram seus treinos e fazem o acompanhamento durante a atividade física. “Às vezes tenho que dar uma segurada nela. Já treinei outras grávidas, elas se animam com o treino (risos). Mas entramos sempre em um acordo de que não é hora de ser atleta, mas sim de treinar pensando na saúde. E elas entendem e fazem um treino mais seguro”, explicou a coach Daniele dos Santos, 31.

Nany e sua coach comentaram sobre alguns dos benefícios do crossfit durante a gestação: controle da pressão, controle no ganho de peso, aumenta a flexibilidade, fortalece a musculatura e ajuda no trabalho de parto. “Já cheguei na 28ª semana e estou tendo uma gravidez tranquila, sem dores, sem inchaços e muito feliz, visto que a prática do exercício físico libera endorfina, hormônio responsável pelo bem estar”, grata e satisfeita pela rotina e estilo de vida que decidiu manter durante a gestação.

A advogada e crossfiteira não deixou de falar da importância de aliar a atividade física a uma boa alimentação, além da avaliação médica feita pela obstetra dela que após os exames, a liberou para continuar os treinos, tendo em vista que a gestação dela é de baixo risco. “O Crossfit tem sido um aliado importante nessa fase da minha vida. Pretendo seguir com o treino enquanto me sentir bem e segura”, concluiu recomendando que todas as futuras mamães busquem orientação médica e mantenham uma rotina saudável durante a gravidez para benefício próprio e também do bebê.

Comentários