15/05/2013 15h08 – Atualizado em 15/05/2013 15h08

Curso abre nova oportunidade para policiais militares atuarem como agentes de segurança de autoridades

Da Redação

Os policiais militares que participam da quinta edição do Curso de Segurança de Autoridades estão tendo uma nova oportunidade para atuarem como agentes de segurança. Para quem ainda não atua no segmento a capacitação tem proporcionado conhecimento específico e garantido a prática para atuação do profissional.

O soldado da Polícia Militar Charle da Silva Queiroz é lotado no 9º Batalhão na região do Nova Lima, em Campo Grande. Pela primeira vez participa de um curso direcionado ao atendimento e proteção de autoridade. Para ele uma nova oportunidade na carreira militar. “O curso é bem completo e depois de frequentar essas aulas o policial sai capacitado. Existe muita diferença da atuação do policial que está na rua atendendo ocorrências como roubo e furto, do policial que atende este segmento mais específico”, detalha Charle.

Há 10 anos na PM, Charle já participou de diferentes cursos de ações táticas, abordagem e imobilização, mas é no Curso do Segurança de Autoridades que ele vê uma chance para efetuar este tipo de trabalho. “Tenho vontade de trabalhar na segurança de autoridades”, revela o policial.

O trabalho de segurança de autoridades também faz parte do cotidiano da policial militar Maria Helena Mendes. Há 14 anos exercendo esta atividade, a cabo da Polícia Militar vê em cada aula uma excelente oportunidade para quem ainda não estava habilitado. “Estes cursos geralmente são ministrados em outros Estados e com um custo muito alto, então ter a chance de fazer as aulas aqui mesmo, próximas ao seu local de trabalho é excelente”, comenta a policial.

As disciplinas, voltadas ao cotidiano e à doutrina do agente de segurança de autoridades, estão interligadas na capacitação, segundo a cabo da PM. “Quando nós viajamos com a nossa autoridade ou até mesmo acompanhamos uma agenda pública utilizamos muito todo o conteúdo passado na disciplina de segurança de dignitários”, pontua Maria Helena.

Os conhecimentos das aulas de formações de escolta a pé serviram de base para o treinamento da disciplina de Instrução de Tiro Defensivo Aplicado. Os 18 alunos do V Curso de Segurança de Autoridades participaram nesta terça-feira (14) da instrução que tem como principal objetivo a proteção de autoridades utilizando arma de fogo. “Esta aula melhora nossa técnica e aperfeiçoa o disparo”, completa o soldado da PM Charle da Silva Queiroz.

Com 10 horas/aulas a disciplina incorpora a teoria e a prática. De acordo com o instrutor, major Wellington Klimpel do Nascimento, na aula teórica os alunos têm noções de manuseio da arma de fogo, adquirem conhecimento sobre possíveis incidentes, como munições não expelida ou não deflagrada, e, ainda, são instruídos para realizar montagem e desmontagem do equipamento.

Nas aulas práticas de Instrução de Tiro Defensivo Aplicado os policiais fazem o treinamento das diferentes formações que podem ser feitas na escolta de autoridades, além de simular as várias situações envolvendo agressões com armas de fogo. “Na escolta a pé fazemos a simulação de quatro tipos de constituição da guarda em forma de losango, linha, triângulo e quadrado, além de treinar os agentes para atirarem em diferentes distâncias dos alvos como em cinco e dez metros e os distintos tipos de saques da arma que os policiais podem realizar em cada situação de emergência”, descreve o major Klimpel.

(*) Com informações de Notícias MS

A capacitação tem proporcionado conhecimento específico e garantido a prática para atuação do profissional (Foto: Edemir Rodrigues)

Comentários