16/05/2013 16h14 – Atualizado em 16/05/2013 16h14

Dezoito alunos participaram do V Curso de Segurança de Autoridades no Estado

Da Redação

Após passarem por aulas teóricas e práticas os 18 alunos que participaram V Curso de Segurança de Autoridades em Mato Grosso do Sul estão qualificados para atuarem diretamente na área de proteção de autoridades.

Com objetivo de capacitar policiais para atuarem na área de segurança de autoridades a Coordenadoria de Segurança Institucional (CSI) habilitou 18 agentes de segurança pessoal, sendo 17 policiais militares de Mato Grosso do Sul e um policial militar da Bahia.

O curso contou com palestras e os alunos tiveram a oportunidade de estudar casos que já aconteceram no segmento da segurança de autoridades. “Temos uma grande procura por esse tipo de curso pelos outros Estados. As outras unidades têm mostrado interesse pelas capacitações oferecidas. Ao final do curso os alunos estarão preparados, prontos para atuarem em situações de risco, de emergência, de ameaças e atentados”, explica o subcoordenador de segurança da CSI, major Wellington Klimpel do Nascimento.

Com um total de 90 horas/aula, o Curso de Segurança de Autoridades é direcionado a policiais e agentes que já atuam ou pretendem atuar na segurança de autoridades e dignitários. A capacitação contou com aulas teóricas e práticas, distribuídas com módulos didáticos indispensáveis para o conhecimento exigido a cada operador que atua junto à proteção pessoal. “Os alunos agora estão capacitados para atuarem na segurança de autoridades sendo norteados por doutrinas a serem seguidas em cada procedimento. A partir deste curso eles saberão qual o comportamento adequado a ser desempenhado na segurança pessoal de qualquer autoridade”, enfatiza o major Klimpel.

O enceramento do V Curso de Segurança de Autoridade acontece amanhã (17) com a formatura dos 18 agentes de segurança pessoal no auditório da Escola Superior de Controle Externo (ESCOEX) do Tribunal de Contas de Mato Grosso do Sul.

(*) Com informações de Notícias MS

São 17 policiais militares de Mato Grosso do Sul e um policial militar da Bahia (Foto: Arquivo)

Comentários