18/11/2006 12h48 – Atualizado em 18/11/2006 12h48

Folha Online

O ator e cantor Dado Dolabella, 26, criticou, nesta sexta-feira (17), a divulgação do vídeo de sua briga com o apresentador da MTV, João Gordo, 42. Dolabella ainda rebateu, por meio de uma nota de sua assessoria, as críticas que Gordo fez a ele, em entrevista à Folha Online na quinta-feira.”Não preciso desse tipo de espaço na mídia. Venho de família de atores e músicos”, afirma. Gordo havia dito que, para ele, exibir o vídeo era “dar mais espaço ao idiota do Dado Dolabella.”Dolabella aproveitou para ironizar o vocalista do Ratos de Porão: “Construí minha imagem através de trabalhos na TV e na música, sem prejudicar ou criticar terceiros, como fazem pessoas que só construíram carreira expondo outras ao ridículo.”O ator termina a nota dizendo que “a emissora, em respeito aos telespectadores, deveria passar o vídeo na íntegra, porque houve edição.” Dolabella não cita o que teria sido cortado. A MTV negou qualquer tipo de edição do vídeo.Dolabella está no Rio de Janeiro preparando o repertório de seu 2º álbum, ainda sem nome. Segundo sua assessoria, o CD terá “desde música romântica até funk”.CenaNo trecho divulgado pela MTV –uma edição de quase sete minutos– os cutucões de Gordo a Dado começam logo no início do “Gordo a Go-go”. Ele apresenta o ator como “ex-global” e pergunta se o rótulo o incomoda.”Minha parada é música”, desvia Dado. Gordo então ironiza o nome do CD, transformando “Dado Para Você” em “Dando Para Você”. Instantes depois, Dolabella tira de dentro de uma maleta um porrete, uma machadinha e uma corrente de ferro. O cantor diz, então, que era fã de Gordo, mas teria deixado de ser, pois o apresentador “traiu o movimento punk”. “Quem é você, um playboizinho de merda, para falar do movimento punk?”, grita o apresentador. Dado quebra um pedaço da mesa com a machadinha e levanta. Os dois se empurram, o ator com a machadinha e o porrete em mãos, o apresentador com a corrente. A produção separa os dois, que continuam se ameaçando.As cenas finais da briga renderam comentário irônico do site Kibeloco, que divulgou o vídeo na terça-feira. “É impressão minha ou a valentia no ambiente crescia à medida que os seguranças entravam no estúdio?”

Comentários