26/03/2012 10h41 – Atualizado em 26/03/2012 10h41

Da Redação*

No clássico da 15ª rodada do Paulistão Chevrolet 2012, na tarde deste domingo (25), no Pacaembu, o Corinthians recebeu o líder e invicto Palmeiras, e venceu de virada, por 2 a 1.

Com a vitória, o Timão assumiu a liderança provisória da competição, com 34 pontos, e torce por um tropeço do São Paulo diante do Mirassol para seguir na ponta da tabela. Já o Palmeiras permanece com 32 pontos, também na vice-liderança provisória.

O Palmeiras começou a partida pressionando o Corinthians. Antes mesmo do primeiro minuto de jogo, Marcos Assunção cobrou falta com perigo e Júlio César espalmou para escanteio. Aos poucos, o alvinegro equilibrou a partida e passou a tocar a bola no campo de ataque.

O time do Palestra Itália voltou a assustar o arqueiro corintiano aos nove minutos, mas o cabeceio de Barcos passou à direita do gol. Em nova cobrança de falta, Marcos Assunção bateu com categoria e a bola tirou tinta do ângulo esquerdo de Júlio César.

Melhor na partida, o Palmeiras abriu o placar aos 17 minutos. Valdívia fez boa jogada e rolou para Marcos Assunção, que acertou um belo chute de fora da área e contou com o desvio em Leandro Castán para colocar o Verdão em vantagem no Pacaembu.

Depois do gol, a partida ficou mais truncada e com muitas faltas. Aos 37, Marcos Assunção teve outra oportunidade na bola parada, mas desta vez a bola passou por cima do travessão. Cinco minutos depois, Chicão cobrou falta na área e Liédson teve boa chance para fazer o gol de empate, mas o cabeceio foi para fora.

O Corinthians voltou para o segundo tempo arrasador. Logo aos três minutos, após cobrança de falta na área, a bola bateu em Márcio Araújo e sobrou para Paulinho encher o pé e empatar a partida para o Timão. Três minutos depois, Jorge Henrique cobrou falta pela direita e Marcio Araújo fez gol contra, virando o placar para o Corinthians no Pacaembu.

Depois, aos 15, Emerson recebeu na direita, deu lindo drible em Leandro Amaro e deixou Jorge Henrique na boa para ampliar, mas o arremate bateu na zaga e foi para escanteio. Quatro minutos depois, Edenílson fez fila na defesa palmeirense e bateu com categoria, no ângulo, mas Deola fez brilhante defesa, salvando o Palmeiras.

A primeira chegada do alviverde na etapa final veio só aos 23 minutos, na conclusão de Valdívia que passou tirando tinta do travessão de Júlio César. Felipão trocou Cicinho por Pedro Carmona, tentando dar mais criatividade ao meio-de-campo palmeirense.

Aos 42, Marcos Assunção levantou a bola na área e Henrique teve chance clara para empatar a partida, mas o toque de cabeça passou raspando a trave direita do arqueiro corintiano. Nos minutos finais, o Corinthians prendeu a bola no ataque e saiu de campo comemorando a vitória.

O Corinthians volta a jogar em casa na próxima rodada, contra o XV de Piracicaba, enquanto o Palmeiras enfrenta o Paulista, no Jaime Cintra, em Jundaí.

Corinthians 2 x 1 Palmeiras

(*) Com informações da Federação Pauliste de Esporte

Comentários