20/08/2014 11h06 – Atualizado em 20/08/2014 11h06

Nem mesmo o formidável boom de desenvolvimento experimentado pelo Município e região nos últimos dez anos, levou a administração municipal a acompanhar o crescimento, principalmente no relacionamento com as mídias

Léo Lima e Ricardo Ojeda

O processo desenvolvimentista que Três Lagoas sentiu em dez anos de estupendo crescimento econômico-financeiro, principalmente com o advento da explosão no setor industrial, não surtiu efeito no comportamento da administração municipal em permitir agilidade no que se refere às informações a respeito de suas ações. Pelo menos, no que tange a disposição das Pastas em fornecer os dados intrínsecos a cada uma, dando condições que as mídias possam comunicar à população o que está sendo feito em seu favor.

Um exemplo pode ser tirado da solicitação que o Perfil News fez ao setor de Desenvolvimento Econômico do Município, no dia 15 de julho passado, com objetivo de assuntar sobre as obras compensatórias que as empresas/indústrias que receberam incentivos fiscais para aqui implantarem suas unidades foram obrigadas a cumprir com a Municipalidade.

A resposta somente retornou no dia 11 passado, dando conta que o setor não estaria dando conta de satisfazer a solicitação deste site de notícias, que tem exclusivamente interesse em divulgar o que as indústrias aportaram em Três Lagoas em termos de recursos compensatórios para execução de obras físicas (construção de prédios, aparelhamento da educação, saúde, segurança pública etc), culturais e inclusive de apoio à formação de mão de obra.

Quase dois meses, a partir da solicitação da colaboração, para uma resposta ainda vazia, sem atendimento. Até o momento, nenhum retorno.

CONTUMAZ/SOER

Assim ocorre também em todas as Pastas da Prefeitura de Três Lagoas. Esse comportamento da administração municipal, além de ser um atraso de relacionamento com a imprensa, vem de há muito tempo. Troca administrador, troca assessores, a “coisa” continua a mesma: desinformação/desinteresse.

O que fariam a Globo, a Veja, a Valor Econômico, caso a resposta às suas solicitações de informações levasse um mês, dois meses, para ser fornecida?

A cidade tem que respirar ar de modernidade e acompanhar o ritmo acelerado de progresso que se instalou na região, dando condições a que a população possa acompanhar pari-passo o desenrolar das atividades da Prefeitura de Três Lagoas e o que sucede no cenário de crescimento municipal.

RESPOSTAS

Antes de pedir informações a propósito para a Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Município, o Perfil News tentou coletar os dados com as próprias indústrias beneficiadas com o condão de incentivos. Mas, apenas a Fibria deu retorno.

Dessa forma, este site, agradecendo a atenção da assessoria de imprensa da Fibria, divulga o que foi feito por ela na região, como forma de compensar possíveis danos à Municipalidade.

“Durante a construção e instalação da empresa, o valor de investimento em ações sociais foi de mais de R$ 61 milhões. Entre as ações estão: – Prefeitura de Três Lagoas: Doação de terreno e estrutura de alojamento; Polícia Militar: Doação de três viaturas Blazer, uma viatura Corsa Sedan e equipamentos de informática; Polícia Civil: Doação de duas viaturas Corsa Sedan equipamentos de informática; Polícia Rodoviária Estadual: Doação de uma viatura Prisma e radar; Polícia Militar Ambiental: Reparos e manutenções em viaturas”.

Em outras áreas: “Secretaria Municipal de Saúde: Doação de uma ambulância UTI, um veículo adaptado para combate à Leishmaniose, ampliação da sub-estação do Hospital Auxiliadora, investimentos em programas de controle a Dengue e Leishmaniose, e reaparelhamento para hospitais e clínicas; Corpo de Bombeiros: Doação de uma unidade de salvamento e resgate, uma viatura Blazer e reparos e manutenções em viaturas”.

As ações da Fibria também permitiram investimentos em Cursos e Treinamentos Profissionais; investimentos em Programa de Educação Ambiental; apoio na construção da nova sede da Casa do Artesão; reforma do Albergue Municipal Três Lagoas e Poço de Jacó; CRASE – Doação de equipamentos e apoio na construção; Escola SENAI – Apoio na construção da escola SENAI; Construção Passarela para Pedestres – Bairro Jupiá.

Em Brasilândia, doação de terreno à Prefeitura Municipal, estrutura e readequação de alojamento; e, reaparelhamento de hospitais e clínicas.

Sede da administração pública de Três Lagoas, onde se concentram as informações e decisões sobre os atos para a Municipalidade (Foto: Perfil News/Arquivo)

O alojamento da Fíbria, que foi doado junto com a área para a Prefeitura de Três Lagoas (Foto: Perfil News/Arquivo)

Passarela construída pela Fíbria com obra compensatória, beneficiando a comunidade do Jupiá (Foto: Google)

Equipamentos de comunicação doados pela Fíbria ao 5° Grupamento de Bombeiros (Foto: Perfil News/Arquivo)

Comentários