08/04/2014 10h26 – Atualizado em 08/04/2014 10h26

O Ministério da Pesca vai emitir nota técnica que autoriza a destinação de R$ 1 milhão 585 mil para dar sequência aos serviços

Da Redação

O senador Delcídio do Amaral (PT/MS) anunciou nesta terça-feira, 8 de abril, o empenho de R$ 6,8 milhões para a execução da 2ª etapa da implantação do Frigorífico de Peixe, em Dourados. Após fiscalização feita esta semana, o Ministério da Pesca vai emitir , nos próximos dias, nota técnica que autoriza a destinação de R$ 1 milhão 585mil para dar sequência aos serviços. O restante vai ser liberado de acordo com o andamento das obras.

“Mato Grosso do Sul é um estado que tem um potencial enorme para a pescado, não só nos chamados tanques-rede, implantados junto às margens dos rios, mas também através da construção de tanques no interior das propriedades rurais. Nós temos características importantes com relação à qualidade da água, o solo, a insolação e podemos aumentar a produção de pescado , principalmente em função da diversidade de espécies . Tudo isso gera riqueza, emprego e acima de tudo, projeta o nosso estado como um dos maiores produtores de pescado do país”, observou o senador, que, há vários meses, faz gestões junto à direção do Ministério da Pesca, em Brasília, juntamente com o prefeito Murilo Zauith e delegado do Desenvolvimento Agrário , João Grandão, para que os recursos sejam liberados.

O frigorífico de peixe vai atender a demanda proveniente do aumento da produção nos municípios da Grande Dourados. A região tem a seu favor a intensidade da luz e o PH da água, fatores fundamentais para o desenvolvimento da indústria da pesca em cativeiro. De acordo o superintendente do Ministério da Pesca em Mato Grosso do Sul, Luiz David Figueiró, o empreendimento deve gerar 1.500 empregos diretos.

(*) Com informações de Assessoria de Comunicação

O frigorífico de peixe vai atender a demanda proveniente do aumento da produção nos municípios da Grande Dourados (Foto: Divulgação/Assecom)

Comentários