10/09/2014 10h45 – Atualizado em 10/09/2014 10h45

No total, 14 trabalhadores-atletas de 4 indústrias representam o Estado

Da Redação

A delegação de Mato Grosso do Sul, composta por 14 trabalhadores-atletas, embarcou, ontem terça-feira (09/09), para Belém (PA), onde participará da etapa nacional dos Jogos do Sesi, que começam nesta quarta-feira (10/09) e prosseguem até sábado (13/09). Eles representam as indústrias JBS Foods (Sidrolândia), Aurora Alimentos (São Gabriel do Oeste), Vale (Corumbá) e Correios (Campo Grande).

Segundo a técnica da área de lazer do Sesi, Gisele Freire, os trabalhadores-atletas vão disputar em três modalidades: futebol de salão feminino, natação feminina e masculina e atletismo feminino. “Os representantes de Mato Grosso do Sul têm potencial de boas colocações. São trabalhadores-atletas que se destacaram nos Jogos Regionais de 2013 e que têm condições de trazer bons resultados para Mato Grosso do Sul, principalmente, na modalidade da natação”, declarou.

TRABALHADORES-ATLETAS

Participam da etapa nacional dos Jogos do Sesi as equipes classificadas na etapa regional do ano passado. Na modalidade futebol de salão feminino, a equipe classificada foi a JBS Foods Seara com as atletas Marcilia Rodrigues da Silva, Silvania Galdino da Silva, Rosimeire Alves Borges, Silvia Maria Cerveira de Castro, Flavia Pereira Cabrocha, Cristiane Mendes Pereira, Geisiele Paula da Silva, Priscila Barbosa Marcondes e Jocimara Mongelo Exeverria.

Na natação masculina, representam o Estado o trabalhador-atleta da Vale José Marcio de Barros Lima e o trabalhador-atleta dos Correios Rodrigo Aquino Rebello, enquanto no atletismo feminino quem representa o Estado é a trabalhadora-atleta da Aurora Jessica da Silva Brighenti e, na natação feminina, as representantes são Ivonete Cristina Franco Fretes e Anair de Souza Rizzo, ambas dos Correios.

(*) Com informações de Assecom Fiems

Os trabalhadores-atletas vão disputar em três modalidades: futebol de salão feminino, natação feminina e masculina e atletismo feminino (Foto: Divulgação/Assecom)

Comentários