28/10/2015 20h13 – Atualizado em 28/10/2015 20h13

Vários telefonemas foram disparados a redação do Perfil News e ao gabinete do deputado de amigos e jornalistas querendo informações sobre a ocorrência

Ricardo Ojeda

Por volta das 16 horas o diretor do Perfil News recebeu vários telefonemas de leitores querendo saber as circunstâncias da morte do deputado Ângelo Guerreiro (PSDB), que na tarde desta quarta-feira teria se acidentado na BR 262, nas proximidades de Ribas do Rio Pardo.

Tão logo os primeiros telefonemas foram atendidos, a reportagem do Perfil News entrou em contato com a jornalista, Luiza Más, Assessora de Comunicação do parlamentar, que surpresa disse que realmente um acidente com vítima fatal ocorreu na rodovia, mas não com o deputado, que naquele momento estava em seu gabinete na Assembleia Legislativa reunido com o prefeito de Bataguassu, Pedro Caravina.
De acordo com a jornalista, o acidente ocorreu com um amigo do deputado, que pela manhã, esteve em Campo Grande reunido com Guerreiro. No retorno a Três Lagoas, aconteceu o acidente.

NO FACEBOOK

Após esse incidente, a assessoria do deputado publicou em sua página do Facebook a seguinte mensagem: “Queridos amigos, gostaria de acalmar a todos. Recebi diversas ligações e a minha assessoria também com a notícia de que eu teria me envolvido em um acidente. Mas a informação não procede. Estou em Campo Grande, na Assembleia Legislativa. Agradeço a preocupação de todos!

Por volta das 19hs25 o deputado ligou para o diretor do Perfil News para “provar que estava vivo”. Ele disse que também ficou surpreso com várias ligações de amigos e de órgãos de imprensa querendo saber se ele estava vivo. Diante da repercussão do caso, ele autorizou que a conversa fosse gravada, para ser publicada na reportagem, onde o parlamentar deixa uma mensagem.

O áudio pode ser ouvido no link abaixo.

VÍTIMAS

Em contato com a Delegacia de Polícia Civil de Ribas do Rio Pardo, policiais de plantão informaram que dois veículos, uma Toyota Hilux e uma caminhonete Ranger se envolveram em acidente na BR 262, por volta das 15hs30 próximo a Ribas do Rio Pardo. Duas pessoas vieram a óbito; o condutor da Toyota, Watih Amado e o motorista da Ranger, Sebastião Nilo Taveira.

Os sobreviventes foram: Izaías Ramos dos Santos, que seguia como passageiro na Hilux, junto com Watih e Otília Maria de Oliveira Taveira, que seguia no Ranger. Os dois foram socorridos por equipes do Corpo de Bombeiros e SAMU e foram levados para o hospital de Ribas do Rio Pardo.


Acidente envolvendo, uma Toyota Hilux e uma caminhonete Ranger na BR 262, próximo à Ribas do Rio Pardo, teve duas vítimas fatais e duas pessoas feridas que foram levadas ao hospital de Ribas (Foto: Divulgação/ WatsApp)

Comentários