29/11/2014 12h13 – Atualizado em 29/11/2014 12h13

Trabalhadores exigiam receber o pagamento completo pelos serviços, chegando a discutir com o construtor que se negava a pagar

Thata Bernachi

A Polícia Militar foi chamada para atender uma ocorrência de briga entre pedreiros e o dono de uma construtora local, por volta das 09h30 desta sábado (29), em Três Lagoas.

Segundo informações, os trabalhadores reivindicaram o pagamento da quinzena trabalhada no valor de R$ 3 mil. Porém, o construtor R$ 2.700,00 devido a alguns serviços que não estavam sendo feito.

A briga tomou grandes proporções, com ameaças de morte e violência física feita por ambas às partes. Com a chegada da Polícia, o homem concordou em pagar o valor pedido.

Por conta da resolução, o caso não foi registrado na Delegacia de Polícia Civil.

Desacordo entre pedreiro e construtora acaba na Polícia (Foto: Marco Campos)

Comentários