20/08/2014 16h09 – Atualizado em 20/08/2014 16h09

Ele deixou um bilhete que teria enviado à ex-namorada, que havia terminado o relacionamento há algum tempo, antes de atentar contra a própria vida

Léo Lima

Um jovem de 20 anos teria se matado com um tiro na boca, na noite de terça-feira (19), quando se encontrava em sua residência, na rua Rachid Abes, jardim Vista Alegre, em Ribas do Rio Pardo. Tudo por conta, provavelmente, de desilusão amorosa, já que sua ex-namorada recusava-se a voltar o relacionamento.

Segundo boletim de ocorrência registrado pela Polícia Militar, que primeiro atendeu o caso, na Delegacia de Polícia Civil da cidade, uma pessoa identificada como Fernando, que seria cunhado da vítima, consta que D.M.S.G. se encontrava em seu quarto nos fundos da residência, enquanto ele, sua mulher e o sogro (irmã e pai da vítima) estavam na cozinha jantando. No referido horário, Fernando e os familiares de Diego ouviram barulho vindo dos fundos e resolveram assuntar, encontrando a vítima ferida e agonizante.

A Polícia Militar foi acionada e compareceu no endereço, comunicando os fatos à Polícia Civil, que solicitou apoio da perícia. No local, a perícia constatou a morte de Diego, que teria utilizado uma espécie de arma modificada para comportar munição calibre 22 para disparar um tiro em sua boca.

CENA DOS FATOS

Consta que, antes de buscar ajuda no Hospital, Fernando retirou a arma do local com o intuito de escondê-la, pois não acreditava que seu cunhado estava morrendo e temia que ele pudesse pegar a arma e novamente atirar contra si. Além da arma e duas munições, foram apreendidos uma foto da vítima junto com sua ex-namorada com quem terminou há poucos dias; um celular da marca Alcatel e um bilhete que, aparentemente, foi encaminhado para sua ex-namorada e depois retornado de alguma forma a ele.

Cabe ressaltar que a vitima não estava aceitando o termino de seu relacionamento e que, inclusive, esteve na Delegacia, como autor, de violência doméstica.

Comentários