02/10/2013 09h14 – Atualizado em 02/10/2013 09h14

O crime aconteceu na madrugada de ontem e foi motivado por um desentendimento entre Armando e Cirilo

Da Redação

Armando Cavalheiro, 57 anos é acusado de matar degolado o trabalhador rural Cirilo Amorim, 47 anos, foi preso ontem (1º), por policiais civis do SIG (Setor de Investigações Gerais) da Delegacia Regional de Aquidauana (MS).

De acordo com as investigações realizadas pela Polícia Civil, o crime aconteceu na madrugada de ontem e foi motivado por um desentendimento entre Armando e Cirilo, que eram amigos e estavam bebendo juntos.

O acusado contou aos policiais que em dado momento desconfiou que o amigo iria furtar R$ 20 que ele possuía. Os dois teriam discutido e Armando pegou uma faca e cortou a garganta do Cirilo. Em seguida arrastou o corpo até a frente da casa de um vizinho, varreu o rasto, lavou as marcas de sangue e foi dormir.

A faca utilizada no crime e um pacote de fumo e os chinelos da vítima foram encontrados pelos policiais dentro da casa do acusado, que segundo a polícia não demonstrou qualquer arrependimento.

Armando foi preso e autuado em flagrante por homicídio qualificado. Ele foi levado para uma das celas da 1ª Delegacia de Policia de Aquidauana, onde permanece a disposição da Justiça Criminal.

(*) Com informações de Correio do Estado

Faca utilizada no crime foi apreendida pela polícia (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Comentários