09/05/2015 09h00 – Atualizado em 09/05/2015 09h00

Ao que tudo indica, o deputado Marquinhos Trad está com os dias contados no PMDB. Isso, porque, ele não vê nenhuma chance de apoio do partido a sua candidatura à prefeitura da Capital e tenta viabilizar esse seu projeto, custe o que custar. Causídico dos bons, o moço estuda as leis com empenho para não escorregar e levar um tropeção nos passos dados durante o processo migratório.

Afinal, ele já teve aviso prévio de que, se mudar, cacique maior vai partir com tudo para lhe tirar o mandato.

PEITUDO

Aliás, o desconforto do parlamentar no PMDB é antigo, mas seu acirramento aumentou a partir do momento em que se declarou independente no Legislativo Estadual. Autor de projetos polêmicos e convicto em suas defesas, Marquinhos conquistou adversário poderoso e com disposição de lhe podá-lo. Sem meias palavras, disse sim ao confronto e continuou tocando seu mandato.

Esse fato faz lembrar outros deputados que elaboraram projetos em favor do povo e foram banidos por contrariarem cartéis que agem de forma invisível.

BERLINDA

Logo após o senador Aécio Neves (PSDB-MG) perder as eleições presidenciais de 2014, especialistas começaram a apontar o governador Beto Richa (PSDB), do Paraná, como forte candidato ao Planalto em 2018. Mas a queda de braço travada com os professores na semana passada tirou dele essa possibilidade.

Agora, o momento é de lamber as feridas e tocar o Estado sem mais esses entreveros. Isso prova que o dinamismo da política ainda consegue surpreender até os mais experientes.

TRAIÇÃO

Presidente regional do DEM, Luis Henrique Mandetta diz ter votado contra a medida provisória
do pacote do ajuste fiscal do governo que, entre outros abacaxis, dificulta o acesso do trabalhador seguro-desemprego, abono salarial e o seguro-defeso para o pescador profissional.

“Tirar princípios básicos dos trabalhadores é como uma árvore que corta sua raiz, o governo vai secar, não há pra ter um discurso pra fora e uma prática aqui. A presidente deveria fazer corte nos gastos públicos e nos bancos, não nas contas dos trabalhadores”, esbravejou.

PALESTRA

O ex-deputado federal e articulista do jornal O Estado de São Paulo, Xico Graziano, estará na Capital no próximo dia 18, a convite do Sindicato Rural de Campo Grande. Vem proferir palestra às 19h, no auditório da entidade, com o tema “Rumos da política agrícola e agrária do Brasil”.

A programação integra o ciclo de palestras realizado mensalmente pela instituição, aberto à participação de produtores rurais, estudantes e população em geral.

Comentários