27/07/2017 13h38

Dia do Motociclista é comemorado em todo o Brasil

Três Lagoas é um dos polos para os amantes das duas rodas, pois a cidade já realizou diversos eventos relacionados ao segmento. O presidente da Confederação Brasileira de Motociclismo emitiu nota apontando o crescimento da modalidade esportiva em todo país.

Flávio Veras

Nesta quinta-feira (27), é comemorado o Dia do Motociclista. De acordo com a Confederação Brasileira de Motociclismo (CBM), no motociclismo esportivo há bastante para se comemorar, com a retomada de um trabalho sério e comprometido, a categoria vem crescendo no Brasil. Para celebrar a data, a entidade emitiu uma nota à imprensa exaltando os trabalhos realizados e os avanços alcançados pela nova gestão.

Segundo a CBM, após algumas gestões que praticamente levaram a entidade à falência, a entidade fez o esporte a motor sobre duas rodas voltar a crescer no país. Dívidas trabalhistas e com o Governo Federal, que inviabilizaram qualquer incentivo ao esporte, foram sanadas e deixando a categoria pronta para receber recursos federais novamente. “Esse fato poderá deixar um marco na história recente do motociclismo”, afirmou a Confederação.

EVENTOS

A corporação é responsável por realizar e também chancelar as principais competições nacionais de dez modalidades, como: Motocross, Enduro FIM, Enduro Regularidade, Rally Baja, Rally Cross Country, Cross Country, Velocross, Trial, Supermoto e Hard Enduro. Ainda tem a motovelocidade, que este ano não teve competições, mas retornará em 2018.

Segundo o presidente da CBM, Firmo Henrique Alves, são aproximadamente 100 provas nacionais da modalidade esportiva realizadas anualmente, entre todas as categorias. “As competições são realizadas em várias cidades de diversos estados do Brasil. As provas movimentam a economia local, gerando empregos e estimulando o comércio e a rede hoteleira, entre outros setores, das localidades onde são realizadas”, explicou Alves.

E complementou, “a maioria das classes possuem hoje um Campeonato Brasileiro consolidado forte e bem organizado. Uma das principais modalidades é o motocross, pois conta com muitos praticantes. O Campeonato Brasileiro da categoria ganhou espaço na mídia nacional. Após serem veiculados programas de cada etapa pela ESPN em 2012”.

TRANSMISSÃO AO VIVO

Dessa forma, as competições passaram a ter algumas etapas com transmissões ao vivo, pela primeira vez no Brasil. Em 2015, a SporTV começou a televisionar a categoria e, desde o ano passado, são exibidos pela emissora programas compactos de cada rodada. Todas as provas ainda contam com transmissão ao vivo pela internet.

Outro feito conquistado pela administração da CBM, foi a volta do patrocínio da Honda e da Yamaha, tradicionais no esporte. Além delas, outras grandes empresas apostaram do projeto, como: Rinaldi, IMS Racing e Mobil SuperMoto.

Estimulada pelo crescimento esportivo, a motovelocidade vem obtendo destaque. Pilotos brasileiros estão se em competições internacionais e serão fundamentais para fomentar a prática no Brasil.

Porém, a instituição não cuida apenas da parte esportiva. Entre tantas áreas de atuação, a entidade promove a educação no trânsito. O responsável por essa área é o diretor de mobilidade da CBM, Celso Miranda. “O motociclismo nacional supera um momento difícil, de seguidas turbulências, causadas pelas más gestões anteriores e pelo atual momento político e financeiro do Brasil. No entanto, devido ao trabalho desenvolvido nesses últimos anos, a Confederação tem a certeza de que o motociclismo logo alcançará o lugar de destaque que merece”, finalizou o presidente.

TRADIÇÃO TRÊS-LAGOENSE

Três Lagoas é conhecida como uma das cidades polo do motociclismo no Brasil. Nela, foi realizado, por 15 anos, o Motoshow, que recebia motociclistas das mais diversas regiões de Mato Grosso do Sul, estados vizinhos como São Paulo, bem como do país.

A última edição do evento foi no ano passado, porém este ano terá 1º MotorFest. O encontro tem a mesma categoria do que o Moto Show, mas contrário do antigo, que era realizado pelo Rotary Club da cidade, este ano será promovido pela Rede Feminina de Combate ao Câncer. Sendo assim, além de estimular a paixão pelas duas rodas, a celebração ainda tem uma função filantrópica e social, pois a renda arrecadada será destinada para os trabalhos desenvolvidos pela Rede, que atende hoje aproximadamente 500 mulheres que lutam contra a doença no município.

Além desses encontros, a cidade também recebeu duas etapas do Campeonato Brasileiro de Motocross. Evento esse que foi realizado pelo Perfil News, e trouxe competidores do país e do mundo. Toda a organização dos eventos esportivos ficou a cargo do jornalista Ricardo Ojeda e do promotor de Justiça, Antonio Carlos Garcia de Oliveira. A expectativa dos organizadores é que a ainda este ano a dose se repita.

De acordo com o diretor do Perfil News, jornalista Ricardo Ojeda, “é grande possibilidade de acontecer uma etapa do Brasileiro de Motocross na cidade. Já estamos conversando com o presidente da CBM, no sentido conseguir o ‘check list’, para saber as exigência para sediar a prova”. Como aconteceu em anos anteriores, o evento terá renda revertida às entidades filantrópicas da cidade.⁠⁠⁠⁠

Serviço: O 1º Motor Fest vai acontecer de 5 a 6 de agosto, no Arenamix. A entrada para os três dias de evento custa R$ 20.

atuação da CBM não se limita apenas ao âmbito esportivo, mas também a educação no trânsito. (Foto: Agência Senado)

Imagem da aérea de uma das ultimas edições do Brasileiro de Motocross em TL (foto: Arquivo / Perfil News)

Comentários