A Escola Municipal Antonio Henrique Filho, em Brasilândia, tornou-se um espaço de visibilidade das ações do Dia da Consciência Negra nesta quarta-feira, 20. A unidade escolar promoveu a IV Diáspora Africana e o II Concurso da Beleza Negra.

A turma produziu salas temáticas sobre a história do movimento negro nos últimos anos, bem como reflexões sobre a importância da data e apresentações realizada pelos alunos.

A atividade multidisciplinar envolveu toda a comunidade escolar com a produção de vários trabalhos expostos nas salas de aula.

Além disso, os estudantes da escola participaram do concurso de beleza negra que elegeu doze estudantes nas categorias infantil e juvenil.

Os prêmios foram doados por patrocinadores e toda a comunidade participou da produção do evento cultural, que também contou com a Secretaria Municipal de Educação de Brasilândia.

Comentários