10/11/2006 09h46 – Atualizado em 10/11/2006 09h46

Andravirtual

Antônio Roberto dos Santos, 53 anos, residente no bairro Sereno em Araçatuba, foi preso pela DIG (Delegacia de Investigações Gerais) de Andradina acusado de ter matado Keille Cristiane Pio.

Keille trabalhava como garota de programa. A jovem acabou morrendo depois de ser lançada fora de um carro na marginal direita de acesso a rodovia Marechal Rondon, na noite desta quarta-feira (01). Segundo testemunhas, um homem em uma Variant chegou com Keille na rua Presidente Vargas, no cruzamento com a rodovia. Os dois teriam discutido, e depois do motorista começar a fazer zigue-zague na pista, Keille caiu e foi atropelada pelo veículo. Antônio disse que combinou o programa com a garota, em um bar da cidade. Ao chegar na marginal direita de acesso a rodovia Marechal Rondon, a garota teria desistido do programa. O acusado disse que ao tocá-la, Keille teria ficado nervosa e pulado do carro em movimento. O acusado afirmou que não viu o veículo atropelar a garota, pois no carro havia caixas de ferramentas e sacas de feijão. Antônio, que é casado e tem três filhos, disse que continuou sua viajem até Araçatuba depois do atropelamento, por não ter percebido e não querer mais saber de Keille por ter recusado o programa. O acusado está recolhido na DIG de Andradina, esperando decisão da justiça.

Comentários