Parada geral da empresa acontece de 29 de novembro a 17 de dezembro, período em que aproximadamente 1.400 trabalhadores de várias partes do País estarão em Três Lagoas

Na manhã desta quinta-feira (26), o prefeito Angelo Guerreiro participou de reunião por videoconferência com diretores da Suzano sobre o plano de ação com as medidas sanitárias que deve ser aplicado durante a parada geral da empresa, que acontece de 29 de novembro a 17 de dezembro.

O gerente geral da Unidade local da Suzano, Eduardo Ferraz, apresentou as estratégias que a empresa colocará em prática a partir deste sábado (28), respeitando as normas de segurança, distanciamento e prevenção do novo Coronavírus.

Segundo ele, todas as dependências das unidades 1 e 2 já estão adequadas com materiais de higienização, demarcações de distanciamento, placas de orientação e, inclusive, uma cabine de ozônio aos colaboradores temporários. Nos hotéis e alojamentos, as orientações também serão exigidas aos trabalhadores.

O plano foi apreciado por Guerreiro, assim como pela Secretária de Saúde Angelina Zuque, coordenador de Vigilância Epidemiológica Christovan Bazan, diretora de Saúde Elaine Furyo, e vice-prefeito Paulo Salomão.

“Agradeço à toda direção da Suzano pela preocupação em seguir as medidas exigidas pelas autoridades de saúde na prevenção da COVID-19. Embora a chegada de novos trabalhadores seja positiva para o Município, devemos lembrar que o período ainda é crítico e requer muito cuidado”, explanou o prefeito.

Parada Geral

A parada geral da Suzano acontece de 29 de novembro a 17 de dezembro, período em que aproximadamente 1.400 trabalhadores de várias partes do País estarão em Três Lagoas para cumprir serviços de manutenção, inspeção e outras competências na Empresa. Segundo o diretor, a Parada garantiu a contratação também de mão-de-obra local e da região.

Comentários