20/11/2018 13h26

Enquanto a Base detalha conteúdos e competências, as Diretrizes dão a estrutura

Redação

A secretária de Educação do Mato Grosso do Sul e presidente do Consed, Cecilia Amendola da Motta, participou no início da tarde desta terça-feira (20.11) da coletiva de imprensa de apresentação das Novas Diretrizes Curriculares para o Ensino Médio.

Durante o evento, em Brasília (DF), o ministro da Educação, Rossieli Soares, homologou o parecer apresentado pelo Conselho Nacional de Educação sobre as novas regras.

Para ela, esse é um momento muito importante porque as Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Médio vão orientar o planejamento curricular das escolas e dos sistemas de ensino.

“Mesmo depois de aprovada a Base Nacional Comum Curricular, as Diretrizes vão continuar valendo porque os documentos são complementares. Enquanto a Base detalha conteúdos e competências, as Diretrizes dão a estrutura”, explica a presidente do Consed.

Ela aproveitou para destacar o papel do Consed no processo. “O Conselho de secretários participou ativamente da construção desse documento, até por ser o responsável por colocá-lo em prática, em conjunto com os Conselhos Estaduais de Educação, o CNE e o MEC”, continuou.

A secretária finalizou dizendo que as diretrizes devem contribuir para preservar a autonomia da escola e a proposta pedagógica, incentivando equipes e professores a montar o seu currículo considerando, dentro das áreas de conhecimento, os conteúdos que lhe convêm para a formação das competências.

O secretário de Educação do Distrito Federal e vice-presidente do Consed, Júlio Gregório Filho, também estava presente.

(*) Informações Portal MS

Autoridades durante a coletiva de imprensa, em Brasília

Comentários