08/10/2013 15h23 – Atualizado em 08/10/2013 15h23

Dirigentes da Rede Federal se reúnem pela primeira vez no Estado

Entre outras coisas, deverá ser discutido as missões estrangeiras

Da Redação

O Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif) realizou nesta terça-feira, 8, em Campo Grande, a abertura 36ª reunião ordinária do ano. O encontro acontece pela primeira vez no Estado.

“É um dia memorável. Pela primeira vez recebemos dirigentes federais da educação profissional de todo o país. Viramos mais uma página da história do Instituto Federal no Estado”, comemorou o reitor do IFMS, Marcus Aurélius Stier Serpe, que também ocupa o cargo de diretor financeiro do Conif.

Dirigentes de 30 das 41 instituições da Rede Federal participam do evento, organizado pelo Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS).

A reunião foi aberta pelo presidente do Conif, Caio Mário Bueno Silva, reitor do Instituto Federal de Minas Gerais (IFMG). Estiveram presentes a governadora em exercício, Simone Tebet, e a secretária de Estado de Educação, Maria Nilene Badeca.

“A ideia do ensino técnico no Brasil é muito recente e vocês têm todo o mérito de desbravar novos caminhos na educação”, comentou a governadora em exercício.

“Reuniões como essa são importantes para a troca de informações, atualização de normas e da legislação vigente no que se refere à educação profissional”, pontuou a secretária de Estado de Educação.

Pauta – Até quinta-feira, 10, estão previstas discussões sobre o Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI). O documento, que deverá ser aprovado este ano, definirá as diretrizes para o período 2014-2018.

“Queremos uniformizar alguns procedimentos das instituições que compõem a Rede Federal. O PDI será construído com base nas experiências dos Institutos Federais e poderá ter a colaboração da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica, a Setec”, explicou o presidente do Conif.

Outro ponto que deverá ser discutido são as missões estrangeiras. “A Rede Federal começou o processo de internacionalização há cerca de três anos. Alguns Institutos têm convênios como países como Canadá e Uruguai. Precisamos reforçar o intercâmbio de conhecimento entre o Brasil e outros países”, comentou Bueno Silva.

Conif – Criado em 2009, o Conselho representa 38 institutos federais, dois centros federais de educação profissional e tecnológica e o Colégio Pedro II. As principais missões do Conif são valorizar, defender e consolidar essas instituições que, juntas, somam 448 unidades em todo o país.

Mais informações sobre o Conselho estão disponíveis no site http://www.conif.org.br/.

(*)Com informações de Assecom IFMS

Dirigentes de 30 das 41 instituições da Rede Federal participam do evento (Foto: Divulgação/ Assecom)

Comentários