22/03/2012 14h15 – Atualizado em 22/03/2012 14h15

Da Redação*

A dívida de Mato Grosso do Sul com a União chega a R$ 7,6 bilhões, mas o governador André Puccinelli (PMDB) avaliou nesta manhã que a situação já foi bem pior. “A dívida só cresceu 6,6% no ano passado. Estamos fazendo esforço para pagar a totalidade dos juros”, afirmou o governador.

Ele relata que tem um estudo da dívida desde quando assumiu o governo, em 2007. Puccinelli afirma que, ao suceder Zeca do PT, era pago 181% de juros em relação à receita do Estado. Hoje, o índice caiu para 114%.

No ano passado, Mato Grosso do Sul gastou R$ 681 milhões de juros. Porém, o governador se mostra otimista. “Há um pressão no Governo Federal para renegociação da dívida”, afirma. Puccinelli já fez sugestões à União, como que os juros fossem revertidos para obras de infraestrutura, educação ambiental e saúde.

Os juros pagos no ano passado equivalem ao valor que o governo estadual quer emprestar do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social). O governador busca recursos de R$ 650 milhões para investir em obras de infraestrutura, tornando o Estado mais competitivo.

(*) Informações Campo Grande News.

Comentários