22/08/2014 11h51 – Atualizado em 22/08/2014 11h51

Um dos flagrados viajava em um ônibus que faz linha Campo Grande-São Paulo, que estava com mala de maconha; o outro, foi preso na rua, com porções da “erva” e crack

Léo Lima

Dois jovens foram presos em flagrante acusados de tráfico de entorpecentes. Um deles, de 19 anos, foi detido quando viajava em um ônibus da Viação Motta, que faz itinerário Campo Grande-São Paulo, para onde a carga de 24,5 quilos de maconha seria levada. O outro, em plena via pública, com porções de maconha e crack.

No primeiro caso, o flagrante aconteceu durante fiscalização policial de rotina no quilômetro 18 da BR-267, base da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Segundo boletim de ocorrência registrado na Delegacia de Polícia Civil de Bataguassu, os agentes da PRF abordaram o ônibus, por volta da 1h30 desta sexta-feira (22), e quando fizeram vistoria no bagageiro externo do veículo encontraram uma mala com 19 tabletes de maconha que, pesados, totalizaram 24,5 quilos.

Os policiais rodoviários, através do tíquete da mala, chegaram até Alexandre Martins da Silva, passageiro que ocupava a poltrona 29 do ônibus. Indagado a cerca do fato, ele confessou que estava com a carga de droga e que receberia R$ 2 mil para o transporte da Capital de MS para a paulistana.

Alexandre foi autuado em flagrante delito e conduzido à DP de Bataguassu, onde se encontra à disposição da Justiça.

NOVA ANDRADINA

Um foragido da Justiça de Nova Andradina foi capturado pela polícia local e também vai responder por mais um delito: comércio de drogas. Isto, porque foi flagrado pela equipe da 1ª Delegacia de Polícia Civil com porções de crack e maconha.

Segundo registros policiais, por volta das 10 horas de quinta-feira (21), uma equipe da DP realizava diligências pela rua Gentil Duarte de Souza e quando chegou na esquina com a rua Anaurilândia avistou Maicon de Oliveira Sutel que, ao perceber a viatura tentou fuga, mas não conseguiu o intento.

Maicon foi abordado e em revista pessoal os policiais encontraram as “paradinhas” dos entorpecentes.

Em checagem no sistema SIGO, a polícia constatou um mandado de busca e apreensão expedido pela Justiça local contra Maicon.

Comentários