04/11/2015 08h37 – Atualizado em 04/11/2015 08h37

O Banco Central influenciou na queda do dólar que fechou valendo R$ 3,771 na venda

Da Redação

O Dólar comercial fechou com queda de 2,39% nesta terça-feira (3), valendo R$ 3,771 na venda. Desde o dia nove de outubro quando a moeda valia R$ 3,759, este é o menor valor de fechamento. O recuo também foi a maior queda diária desde setembro, quando, no dia 24, o dólar caiu 3,73% em relação ao real.

Não houve negociações na véspera por conta do feriado do Dia de Finados.

Na última sessão, na sexta-feira, o dólar tinha subido 0,23%, mas terminou outubro com desvalorização de 2,59%, interrompendo uma sequência de três meses de avanço. No ano, a moeda acumula valorização de 41,82%.

Investidores têm evitado fazer grandes operações nas últimas semanas, com medo de serem pegos no contrapé em meio ao clima de intensas incertezas. Diante disso, o BC (Banco Central) ofertou até US$ 500 milhões com compromisso de recompra em dois leilões extras, sendo que um dos objetivos é oferecer dólar em uma época de maior procura, sobretudo de exportadores, segundo operadores ouvidos pela agência de notícias Reuters.

O Banco Central fez ainda o primeiro leilão de swaps cambiais, que equivalem à venda futura de dólares, para rolar os contratos que vencem em dezembro, vendendo a oferta total de até 12.120 contratos. Com isso, rolou cerca de 5,5% do lote total para dezembro, que equivale a US$ 10,905 bilhões, caso mantenha esse ritmo e venda sempre a oferta total.

(*) G1/ Campo Grande News/ Uol

O dólar fechou 2,39% , valendo R$ 3,771 na venda. (Foto: Divulgação)

Comentários