11/03/2019 07h58

A maioria era de estrangeiros e pelo menos 10 das vítimas eram funcionários das Nações Unidas.

Agência Brasil

Edite este campo e faça sua matéria aqui

Foto: Tiksa Negeri/Agência Brasil

Comentários