28/04/2016 18h56 – Atualizado em 28/04/2016 18h56

Dos 35 bilhões de investimentos no MS, 50% fica em Três Lagoas, diz Longen

O presidente da Federação das Indústrias do Mato Grosso do Sul (Fiems), Sérgio Longen, disse com exclusividade ao Perfil News que aproximadamente 50% dos investimentos privados previstos que serão aplicados no Estado estão sendo alocados em Três Lagoas

Ricardo Ojeda e Daniela Silis

Com extensa agenda a ser cumprida nesta quinta-feira em Três Lagoas, Sérgio Longen, presidente da Federação das Indústrias do Mato Grosso do Sul (Fiems), falou ao Perfil News sobre o quadro de investimentos industriais no município. “Temos identificados aproximadamente R$ 35 bilhões em investimentos no Estado, em obras industriais. Desse montante, cerca de aproximadamente R$ 18 bilhões contemplam Três Lagoas, através da expansão das industrias de celulose”, disse o presidente da Fiems.

Sérgio Longen prosseguiu dizendo que os principais investimentos estão exatamente na iniciativa privada, o que “faz com que Três Lagoas realmente desponte aí como um grande município, uma grande região para investimento a nível nacional”, reiterou o dirigente industrial.

SUPORTE

A Fiems através do empreendimento que está sendo construído em Três Lagoas dá suporte para atrair empresas que se instalam no município. “Você imagina, uma Fibria fazendo um investimento de mais de R$ 8,7 bilhões. Onde os seus trabalhadores vão estudar os seus filhos? Onde essas empresas vão trabalhar na área de pesquisa? Na área de inovação? Então esses investimentos nossos hoje que são privados contemplam o apoio exatamente para a implantação dessas empresas”.

Longen ainda disse que é uma satisfação da iniciativa privada, como empresários, entregar uma obra dessas que já está praticamente pronta, com mais 30 ou 40 dias. São investimentos que estão sendo feitos na área de educação. “Então nós empresários precisamos cada vez mais exatamente investirmos em educação, em pesquisa, em inovação e na área de saúde e segurança do trabalhador, que é o que nós estamos fazendo. E empresário é assim, ele planeja. Primeiro ele pesquisa, que é o que nós fizemos. Tem a demanda? Tem a demanda, que tamanho é a demanda? O tamanho da demanda dimensionou a nossa obra. Buscamos o recurso, dimensionamos o investimento e realizamos a obra. É nessa frente que estamos concluindo”, afirmou.
A obra recebeu recursos 100% privados, oriundos de contribuições das indústrias.

AGENDA EM TRÊS LAGOAS

Sérgio Longen chegou à Três Lagoas na manhã desta quinta-feira e deverá permanecer na cidade até amanhã, sexta-feira. Ele veio ao município acompanhando pela diretoria da Federação das Indústrias do Mato Grosso do Sul, onde passou o dia cumprindo agenda e reuniões. Pela manhã estiveram visitando as obras da nova escola do SESI e do Instituto de Biomassa. O empreendimento está orçado em R$ 56,7 milhões, dos quais: R$ 33,3 milhões foram aplicados no Novo Sesi, enquanto R$ 23,4 milhões são para o ISI Biomassa.

QUASE PRONTA

A obra está em fase final de construção na área onde funcionava o Departamento de Obras e Serviços (DOS). O terreno foi doado à FIEMS através de contrapartida da União à entidade industrial.

A nova sede do Sesi tem área edificada de 15 mil metros quadrados, incluindo 38 salas de aula, salas para o setor administrativo e pedagógico, blocos de sanitários, inclusive para pessoas com deficiência física ou motora, dois laboratórios de informática, refeitório com depósito, sala para nutricionista e cozinha, área de saúde e segurança no trabalho, quadra poliesportiva, reservatório de água e sistema de captação de águas pluviais, estacionamentos, paisagismo e piscinas.

QUALIFICAÇÃO DOS PESQUISADORES

Já o ISI Biomassa permitirá a atualização e a qualificação dos pesquisadores para gerar conhecimento e desenvolver tecnologias inovadoras que atendam às necessidades atuais e futuras da indústria. Com atuação transversal no campo da biomassa, o Instituto pretende atender a todos os setores da indústria e às demandas específicas de cada região do País em áreas como energias renováveis, cosméticos, fármacos e fármacos veterinários, alimentos para animais com combinação de biomassa para rações, química fina e resíduos industriais.

Sérgio Longen, presidente da Federação das Indústrias do Mato Grosso do Sul esteve em Três Lagoas cumprindo extensa agenda e falou com exclusividade ao Perfil News (Foto: Patrícia Miranda)

Entrada da nova sede do Sesi que possui área edificada de 15 mil metros quadrados e foram investidos em R$ 56,7 milhões, dos quais: R$ 33,3 milhões foram aplicados no Novo Sesi, enquanto R$ 23,4 milhões são para o ISI Biomassa (Foto: Ricardo Ojeda)

Enquanto visitava as obras do empreendimento, o dirigente industrial Sérgio Longen falou com a imprensa de Três Lagoas sobre os projetos da Fiems na cidade (Foto: Patrícia Miranda)

Do total de R$ 56,7 milhões investidos na obras, R$ 33,3 milhões foram aplicados no Novo Sesi, enquanto R$ 23,4 milhões foram direcionados para o ISI Biomassa (Foto: Ricardo Ojeda)

O antigo prédio do barracão onde funcionava a oficina da Estrada de Ferro Noroeste do Brasil (NOB) também está sendo reformando pela Fiems (Foto: Ricardo Ojeda)

Comentários