30/06/2017 08h36

A Polícia Rodoviária Federal (30) chegou até o veículo furtado após abordar uma mulher que fazia o papel de batedora

Flávio Veras

Um veículo furtado foi apreendido na manhã de ontem (30) na BR 262 em Água Clara. Segundo a Policia Rodoviária Federal (PRF), o flagrante aconteceu após abordar uma motorista que estava em outro carro e exercia a função de batedora, ou seja, um tipo de escolta para despistar a polícia. O condutor carro furtado e a mulher foram presos em flagrante por receptação.

Ainda conforme informações da PRF, a abordagem aconteceu na base do órgão. A condutora se identificou como vendedora de roupas. Porém, devido ao seu nervosismo, os policiais deduziram que ela estaria fazendo o papel de batedora.

Com base nessa suspeita, os agentes fizeram algumas buscas próximas ao local e acharam automóvel estava estacionado em frente à borracharia. O Condutor se apresentou como proprietário do carro.

Durante a verificação da documentação, os policiais constaram que o carro originalmente é registrado em Patos de Minas (MG), e possuía uma ocorrência de furto no dia 22/06/2017 em Uberaba (MG).

A suspeita informou que teria que levar o carro até Ponta Porã (MS) e no local receberia a quantia de R$ 2 mil. Já o homem, falou que comprou o carro por R$ 3 mil, ciente que era furtado, mas pretendia vende-lo também na cidade.

Diante dos fatos, os condutores, os veículos e os seus pertences foram encaminhados para a delegacia de Polícia Civil de Água Clara. Suspeitos serão acusados por receptação e adulteração de sinal identificador de veículo automotor.

O automóvel recuperado tem o valor de mercado de R$41.924,00 e, após perícia técnica, será devolvido ao seu proprietário.

Suspeitos serão acusados por receptação e adulteração de sinal identificador de veículo automotor(PRF/Divulgação)

Comentários