20/02/2018 15h12

Victoria e Aninha fazem Estado largar na frente

Redação

E a tradição de Mato Grosso do Sul no vôlei de praia teve mais um capítulo de sua história construído na manhã desta terça-feira (20).Campeã mundial sub-19 e ouro na etapa da Argentina do Circuito Sul-Americano deste ano, Victoria voltou à areia ao lado da conterrânea Aninha e derrotou as cariocas Vitoria e Carolina Ferrari (RJ) por 2 sets a 1 (23/21, 14/21, 9/15), de virada, em 53 minutos, na final da primeira etapa em 2018 do Circuito Brasileiro sub-21 de vôlei de praia, disputada na Praia de Cabo Branco, em João Pessoa (PB).

“Jogar os torneios de base é muito gratificante, representar o estado e rever pessoas da minha idade, que começaram comigo. Fico feliz em começar com o ouro, Aninha me ajudou muito em quadra e vamos buscar esse título brasileiro. É um torneio que sempre revela grandes jogadores”, analisou Victoria após a final.

O bronze no torneio feminino ficou com o estado do Paraná. Ingridh e Amanda (PR) superaram Talita e Amanda (CE) por 2 sets a 0 (21/17, 21/2), em 30 minutos, e ficaram com um lugar no pódio. Foram disputadas também partidas que decidiram as posições do 5º ao 12º em ambos os naipes.

No masculino, André Danilo e Matheus (SE) conquistaram a medalha de ouro ao superarem nesta terça os paranaenses Patrick e Lipe (PR) em um grande duelo, por 2 sets a 1 (19/21, 29/27, 15/12), em 1h05. Na disputa de bronze, os irmãos gêmeos Rafael e Renato colocaram a Paraíba no pódio ao superarem Lippi e Gabriel (RJ) por 2 sets a 0 (21/11, 21/13), em 30 minutos.

O ouro dá aos estados de Sergipe e Mato Grosso do Sul 200 pontos e a liderança no ranking geral, que conta a pontuação de todas as etapas para definir o campeão da temporada 2018. Os vice-campeões somam 180, reduzindo 20 pontos a cada posição descendente.

A etapa de João Pessoa é a primeira etapa do torneio de base, que terá ainda outras três paradas, em junho, julho e setembro, com cidades a definir. Assim como ocorre no Circuito Brasileiro Sub-19, o Sub-21 é um campeonato de seleções estaduais, com duplas da mesma federação. Cada estado indica suas delegações nos dois gêneros em busca do título.

Rio de Janeiro, no naipe masculino, e o Ceará, no naipe feminino, foram os campeões da temporada 2017. A competição revelou diversos atletas que foram campeões e posteriormente se tornariam olímpicos como Pedro Solberg (RJ), Bruno Schmidt (DF), Bárbara Seixas (RJ), Juliana (CE) e Maria Elisa (RJ)

(*) Correio do Estado

Vencedores da primeira etapa sub-21 formam o pódio em João Pessoa (PB) - Foto: Divulgação/CBV

Comentários