14/04/2015 09h11 – Atualizado em 14/04/2015 09h11

Vários crimes do tipo, praticados pela dupla na cidade, foram esclarecidos com a prisão dos acusados agora detidos

Léo Lima com SIG

Tiego Aparecido Garcia, de 25 anos, e Denis Gomes dos Santos, 34, foram presos por agentes do SIG (Setor de Investigações Gerais), acusados de praticarem furtos em residências em Três Lagoas.

A prisão da dupla se deu após o departamento policial receber várias denúncias de que dois homens, às vezes, fazendo uso de um VW Gol, cor branca, chegavam aos imóveis onde pretendiam praticar o furto, onde seus moradores aparentemente estariam ausentes, batiam palmas e, não sendo atendidos, invadiam as residências, arrombando portas e furtavam televisores, geladeira/frigobar; jóias, celulares, relógios, botijões de gás, entre outros.

De acordo com informações, os policiais da SIG da DRP de Três Lagoas, passaram a efetuar diligências e, na última sexta-feira, dia 10 deste, identificaram os autores. Tiego era o proprietário do automóvel utilizado para transportar o produto do furto, sendo também utilizada uma moto Honda CG 125, cor vermelha, que pertencia a Denis.

Consta ainda que em um dos locais onde os indivíduos praticavam o furto, a moradora do imóvel chegou naquele momento e foi ameaçada por Denis, para que nada fizesse e assim eles pudessem fugir.

Conforme consta, o produto de furto era vendido, em sua maioria, para comerciantes da cidade. Dois televisores, jóias e um compressor de pintura, que pertenciam a duas vítimas diferentes, foram vendidos aos proprietários (pai e filho) da “Conveniência do Cesinha”, localizada no Bairro Ipacaraí.

Ao todo foram identificados sete receptadores, que responderão por receptação dolosa, pois os investigados alegaram que venderam os objetos furtados a esses comerciantes, a preço inferior ao de mercado, bem como sem que se comprovasse a procedência lícita destes.

Parte dos produtos furtados apreendidos e os dois homens presos pela ação do SIG (Foto: Divulgação)

Tiego Aparecido (Foto: Divulgação)

Denis dos Santos (Foto: Divulgação)

Comentários