17.3 C
Três Lagoas
sábado, 25 de junho, 2022
InícioNotíciasDurante diligências para localizar autor de homicídio, SIG prende acusados de tráfico...

Durante diligências para localizar autor de homicídio, SIG prende acusados de tráfico e furto de energia em Três Lagoas

Policiais Civis de Três Lagoas, através do Setor de Investigações Gerais (SIG), prenderam nesta segunda-feira (30), duas pessoas, sendo uma por tráfico de drogas e a outra por furto de energia, no Bairro Novo Oeste, em Três Lagoas.

Conforme a polícia, o fato ocorreu após denúncias relatarem de que o autor de um homicídio, registrado neste domingo (29), estaria escondido em dois apartamentos do residencial Tucano.

De posse das informações,os investigadores realizaram diligências, porém, o foragido não foi localizado, porém, no local foi constatado não existir medidor de energia.

Questionada sobre o fato, a moradora disse que residia no local desde o ano de 2018, período que nunca pagou taxa de energia elétrica e, inclusive, afirmou aos policiais que invadiu o local porque ele estava vazio.

Diante do flagrante, a mulher foi autuada em flagrante por furto de energia, sendo-lhe arbitrada fiança no valor de R$1.1 mil, valor que não foi recolhido e a autuada foi recolhida ao presídio local.

TRÁFICO DE DROGAS

Em continuidade a ação, os policiais foram ao segundo apartamento, onde o morador afirmou conhecer o autor do assassinato, relatando que ontem, após o crime, ele esteve no local, portando uma faca e com as roupas sujas de sangue, relatando que teria esfaqueado uma pessoa no bairro e fugido em seguida.

Com autorização do morador foi efetuada uma busca no apartamento, onde foi encontrado um recipiente plástico contendo 24 invólucros de cocaína/crack e duas porções de maconha, prontos para serem comercializados, além de petrechos para seu preparo.

Sobre as drogas, o homem disse que vendia a porção pelo valor de R$ 10. Diante dos fatos, o autor foi detido e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil, onde após ser autuado por tráfico de drogas, seguiu ao presídio local, permanecendo à disposição da Justiça.

DENÚNCIAS

Denúncias poderão ser realizadas através dos telefones 67.3929.1173, 67.3521.4984 ou 67-9.9226.8210(WhatsApp).

Comentários
MATÉRIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Este Conteúdo é protegido! O Perfil News reserva-se ao direito de proteger o seu conteúdo contra cópia e plágio.