24/01/2012 15h10 – Atualizado em 24/01/2012 15h10

Parte da plantação foi prejudicada e colheita não foi satisfatória

No terreno que o senhor Judas plantou feijão, apenas um saco será aproveitado e vendido a R$ 180,00.

Rafael Furlan

Devido às questões climáticas, os moradores do bairro Cinturão Verde, em Três Lagoas, não estão conseguindo vender as frutas, verduras e legumes, pois a colheita não foi satisfatória. No decorrer do ano eles plantam diversos tipos de verduras só que a horta está completamente vazia e eles estão reclamando, pois afetou financeiramente todos que plantam para conseguir o sustento de suas família.

Nossa equipe de reportagem percorreu o bairro e encontrou um morador que está colhendo o pouco de feijão que conseguiu plantar. Você pode conferir a matéria completa, clicando aqui.

Plantação

Para o produtor, Judas Carvalho, “com essa plantação de feijão era para eu conseguir vender 4 sacos, só que apenas vou vender 1 esse ano. Esse saco custa R$ 180,00”.
A preocupação de seu Judas é que as únicas coisas que seus familiares irão vender é a pimenta, o quiabo e o feijão. “Temos 400 pés de pimentas plantados e vendemos a R$ 2,00. Assim conseguimos manter um pouco o nosso orçamento. Ainda bem que guardamos o dinheiro e fizemos alguma economia”, finaliza.
Situação semelhante é de outras 10 famílias que trabalham com horta no bairro.

Toda a família ajuda a cuidar da horta

Comentários