Obras foram paralisadas devido a medidas de prevenção contra o coronavírus; retomada da construção acontece a pedido da Aneel

Representantes da Eldorado Celulose estiveram, no início da tarde de ontem, 20, no gabinete do prefeito de Três Lagoas, Angelo Guerreiro, para apresentar o plano de ação para a retomada das obras do Projeto Onça Pintada.

A obra será retomada após pedido da Agencia Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), já que o Onça Pintada é uma usina termelétrica.

De acordo com o gerente de Pessoas e Serviços da Eldorado, Alberto Rodolfo Pius, a obra deve ser concluída até dezembro e as operações devem ter início em janeiro.

Antes da paralisação, a obra contava com mais de 600 colaboradores de empresas terceirizadas. Neste reinício, serão apenas 170, para que tudo esteja dentro das normas de enfrentamento à Covid-19.

Além de uma equipe médica preparada, os ônibus que atenderão os funcionários da empresa também estarão dentro das normas, com apenas 50% de poltronas ocupadas, demarcadas e sempre sendo higienizados. Os colaboradores precisarão seguir normas rígidas de higiene e também de isolamento fora do ambiente de trabalho, não podendo comparecer a festas, por exemplo.

“É um momento de muita preocupação com cada colaborador e também com as famílias, portanto estamos seguindo todas as normas e também cobrando que as prestadoras de serviço estejam atentas a cada nova exigência”, concluiu Alberto Pius.

Comentários