04/05/2015 16h41 – Atualizado em 04/05/2015 16h41

Serão investidos R$ 8 bilhões na nova fábrica, dos quais, 70% vindos de linhas de financiamentos e 30% de capital próprio, enquanto a previsão de entrar em operação é no primeiro semestre de 2018

Assessoria

Eldorado Brasil anuncia um novo passo para a construção de sua segunda linha de produção de celulose, com capacidade produtiva de dois milhões de toneladas por ano, em Três Lagoas (MS). Com o projeto de engenharia básica concluído, a empresa dá início ainda neste mês à terraplenagem do local destinado à construção, vizinho à sua fábrica atual.

A previsão é que a segunda linha comece a operar no primeiro semestre de 2018. “Após a conclusão das obras, teremos, novamente, a maior linha de fabricação de celulose de fibra curta do mundo e também criaremos, em Três Lagoas, o maior complexo industrial do segmento”, afirma o CEO José Carlos Grubisich. “Trata-se de mais um passo decisivo para colocar a Eldorado como líder no setor de celulose, combinando competitividade, inovação e sustentabilidade.”

O processo de tomada de preços junto aos fornecedores de equipamentos e tecnologias também encontra-se em andamento. Ao todo, serão investidos R$ 8 bilhões na nova fábrica, 70% vindos de linhas de financiamento e 30% de capital próprio (equity).

Com a efetivação desta segunda linha de produção, a Eldorado dá continuidade a seu plano de negócios, com o objetivo de ser a empresa mais competitiva do setor, contemplando três linhas produtivas no Mato Grosso do Sul, no futuro.

SOBRE ELDORADO BRASIL

A Eldorado Brasil, empresa do Grupo J&F, é uma das principais produtoras mundiais de celulose branqueada de eucalipto, com matéria prima proveniente de florestas plantadas e certificadas. Com dois anos de operação, já tem presença consolidada no mercado internacional e ocupa lugar de destaque no setor, pela adoção de tecnologia de ponta e inovação em toda a cadeia produtiva, o que garante resultados competitivos e sustentáveis. Sua fábrica em Três Lagoas, Mato Grosso do Sul, tem capacidade nominal de produção de celulose de 1,7 milhão de toneladas por ano.

(*) Assessoria de Imprensa da Eldorado Brasil

A expectativa que comece a operar no primeiro semestre de 2018 a segunda linha da Eldorado Brasil em Três Lagoas. (Foto: Arquivo/Ricardo Ojeda)

Comentários