11/05/2017 11h56

Trabalhos fizeram parte da quarta fase da Operação Lama Asfáltica. Empresa garante que todas as suas atividades são realizadas dentro da legalidade

Lucas Gustavo

Por meio de sua assessoria de imprensa, a Eldorado Brasil se pronunciou sobre a busca e apreensão na unidade em Três Lagoas realizada pela Polícia Federal nesta quinta-feira (11). A empresa confirmou o fato.

De acordo com a PF, os trabalhos fizeram parte da quarta fase da Operação Lama Asfáltica, onde são investigados crimes de fraudes em licitações, superfaturamento em obras públicas e até pagamento de propinas. Na capital do Estado, a Polícia colocou tornozeleira eletrônica no ex-governador André Pucinelli, que prestou depoimento sobre as acusações.

Além de Três Lagoas e Campo Grande, a Operação aconteceu em Nioaque, Porto Murtinho, São Paulo e Curitiba, com a participação de 270 policiais. A Controladoria Geral da União e a Receita Federal também auxiliaram os serviços

Confira, na íntegra, a nota emitida pela Eldorado Brasil:

A Eldorado confirma que a Polícia Federal realizou busca e apreensão em suas dependências em Três Lagoas na manhã de hoje (11). A companhia está segura de que a questão será esclarecida e afirma que todas as suas atividades são realizadas dentro da legalidade. A empresa se mantém à disposição para prestar quaisquer esclarecimentos adicionais.

Eldorado Brasil. (Foto: Divulgação/ Assessoria/ Arquivo).

Comentários