22/03/2019 11h11

Caso aconteceu em Campo Grande. Além de levarem todos os produtos, ladrões ainda comeram no local

Redação

Uma lanchonete localizada no bairro São Francisco, em Campo Grande foi furtada 5 vezes em um período de apenas 12 dias. O último caso aconteceu na madrugada desta sexta-feira (22).

Os ladrões entram no estabelecimento e além de consumirem produtos no próprio local, levam todos os artigos à venda, tanto os salgados da vitrine como refrigerantes, biscoitos e chocolates, por exemplo.

O comerciante Júlio César Maekawa, de 45 anos, conta que abre todos os dias às 6h e, quando chegou hoje, às 5h30, percebeu que as luzes estavam ligadas e percebeu que havia sido vítima novamente dos ladrões. A lanchonete está em funcionamento há 8 meses, mas os furtos começaram há duas semanas.

Ainda conforme o proprietário, a maioria dos prédios vizinhos são de clínicas, que funcionam apenas em horário comercial e não há residências próximas em que moradores poderiam testemunhar as invasões e chamar a polícia. Até o momento, o comerciante contabilizou cerca de R$ 5 mil de prejuízo.

No local, uma porta de ferro está entortada, o que mostra a tentativa de invasão. Sem sucesso, desta vez os ladrões entraram pelo telhado, deixando o forro aberto e muita sujeira pelo chão. Nas primeiras vezes eles entraram pelo fundo e, com isso, Júlio César posicionou um portão no corredor enquanto a grade encomendada para proteção não fica pronta.

Os ladrões chegaram a, inclusive, utilizar uma sacola em que ele e os funcionários preparavam um saco de roupas para doação, para levar os produtos. Eles deixaram as peças espalhadas pelo chão. Além disso, deixaram também a geladeira aberta.

“O que tem de mais valor aqui são os equipamentos, mas pesam de 30 a 40 kg e, por isso, não conseguem levar. Mas além de comerem aqui, levam tudo”, conta o comerciante.

Houve até um dia em que a lanchonete foi invadida duas vezes. “Um vizinho me avisou no domingo de manhã que haviam invadido de madrugada. Foi neste dia que coloquei o portão. Quando parei para almoçar às 13h, o vizinho avisou que tinha alguém saindo de lá de dentro”, relata. Ele está desanimado, mas afirma que vai insistir e investir mais em segurança.

Júlio César registrou boletim de ocorrência e a perícia esteve no local.

(*)Informações do Campo Grande News

Foto: Mirian Machado / Campo Grande News

Comentários