10/09/2008 14h01 – Atualizado em 10/09/2008 14h01

Foi assinado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva o decreto que institui as datas para o início e o término do horário de verão, que deve começar à 0 hora do dia 19 de outubro nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do país. Os relógios deverão ser adiantados em uma hora. De acordo o Ministério de Minas e Energia, o horário de verão deve se encerrar à meia-noite do dia 15 de fevereiro de 2009.

Há uma expectativa do governo que haja uma diminuição de aproximadamente 4% a 5% no horário de pico, o que representa uma economia de 2.000 MW, o que seria suficiente para abastecer uma cidade com 6 milhões de habitantes.

O horário de verão é aplicado no Brasil sempre nessa época do ano devido ao aumento na demanda de energia, ocasionado pelos altos índices de calor e o grande crescimento da produção industrial às vésperas do fim de ano.

Em 2007 foi registrada uma economia de R$ 10 milhões com o horário de verão, número bem menor do que os registrados em anos anteriores quando a economia chegou a uma média de R$ 40 milhões.

O horário de verão foi implantado no Brasil em 1931, e durou cinco meses. Até o ano de 1967 foram várias mudanças, ao todo foram nove. A partir de 1985 a medida vem sendo adotada sem interrupções, com algumas diferenças em alguns Estados atingidos e no período de duração.

Comentários