Na mesma ocorrência, policiais ainda prenderam dois traficantes de droga

Na noite de ontem, 22, equipes das polícias Civil e Militar de Água Clara foram acionadas para atender ocorrência de homicídio registrada na cidade: um homem havia sido degolado na via pública depois de uma discussão devido a um jogo de futebol. Em razão de divergências, dois indivíduos iniciaram perseguição à vítima, que foi morta a facadas tendo o lado direito do pescoço atingindo com um golpe fulminante. Após o crime os agressores fugiram do local. 

Vítima foi perseguida por dois elementos após desentendimento durante jogo de futebol. O homem não resistiu ao levar um corte profundo no pescoço (Foto: Divulgação)

A Polícia formou uma equipe composta por três Investigadores da Polícia Civil, um delegado, um tenente, além de mais quatro policiais militares para procurar os suspeitos. Os agentes realizaram inúmeras buscas na região, até que em dado momento um dos autores foi identificado e perseguido até uma residência.

LEGÍTIMA DEFESA

Os policiais entraram na casa e constataram que o local era uma boca de fumo, sendo que dois traficantes se renderam imediatamente e confirmaram que o homicida estava no local. Depois dos agentes anunciarem a prisão o homem saiu de um dos quartos e avançou contra os policiais com uma faca em punho.

Os policiais efetuaram um disparo na região inferior do elemento para interromper o ataque, mas o homem não estava disposto a se entregar e continuou avançando com a faca em direção ao policial civil, que atirou novamente. Mesmo ferido o homem seguiu investindo contra os policiais, que efetuaram outro disparo. O homem morreu no local.

Na residência foi encontrada uma quantidade de maconha e balança de precisão. Os donos da casa foram autuados em flagrante por tráfico de drogas e favorecimento pessoal.

Comentários