12/05/2016 11h54 – Atualizado em 12/05/2016 11h54

A presidente afirmou que a decisão do Senado Federal é um golpe e que lutará com instrumentos legais para que fique no poder até o dia 31 de dezembro de 2017

Patrícia Miranda

Em uma transmissão ao vivo na manhã desta quinta-feira (12), a presidente da República Dilma Rousseff manifestou sua decisão contrária ao pedido de afastamento aprovada pelo Senado Federal. A fala foi divulgada em sua página no Facebook às 10h e já está disponível para visualizações.

Acompanhada por apoiadores do governo, Dilma enfatizou que a decisão é um golpe. “Diante da decisão do Senado é um verdadeiro golpe. Desde fevereiro parte da oposição está inconformada com meu governo” e acrescentou “meu governo tem sido alvo de sabotagem, jamais compactuei com a corrupção. Posso ter cometido erros, mas não crimes”, afirmou.

E sobre aplausos direcionou a fala às brasileiros. “Queria me dirigir à população. Querem me destituir do poder, mesmo eleita pelo voto de milhões de brasileiros. Meu governo não teve nenhum ato repreensivo. O maior risco para o Brasil é ser dirigido por um governo sem voto, que não foi eleito diretamente, não terá legitimidade para os desafios do Brasil. Um governo que nasce de um golpe, será um governo para a continuidade da crise do Brasil”, enalteceu.

Comentou ainda que tem orgulho de ser a primeira mulher eleita do Brasil e que seu governo foi exercido de maneira honesta. “Nesses anos, exerci meu mandato de forma digna e honesta, em nome desses votos, vou lutar com todos os instrumentos legais que disponho p manter o meu mandato até o dia 31 de dezembro 2017”, disse.

DOR DA INJUSTIÇA

Dilma manifestou ainda que é vítima da injustiça praticada contra o seu governo. “O que mais me dói nesse momento é a injustiça, de uma farsa jurídica. A população dirá não ao golpe, aos brasileiros que se opunham ao golpe, mantenham se mobilizados. A luta é pela democracia e não tem data para terminar. É constante”, finalizou.

Após o discurso, a presidente foi cercada por correligionários, que gritavam “Dilma guerreira da pátria brasileira”.

No momento da transmissão, obteve o pico de 47 mil expectadores pelo Facebook com 75 mil comentários e 5.634 compartilhamentos pela rede.

Dilma Rousseff foi acompanhada por apoiadores de seu governo durante o pronunciamento. (Foto: Reprodução/ Facebook)

Às 11h, o pronunciamento já tinha 232 mil visualizações na página da presidente no Facebook. O discurso durou aproximadamente 40 minutos. (Foto: Reprodução/ Facebook)

Comentários