O homem morreu pela covid-19 no 5º dia de internação. Caso aconteceu em Wuhan, na China

Diz o ditado que o cão é o melhor amigo do homem. Pois é verdade! O amor que esse bichinhos de quatro patas tem pelos seus donos ultrapassam fronteiras, como é o caso desse ocorrência que se passou em território chinês.

Um cachorro esperou por quase três meses pelo seu dono, que foi internado em um hospital em Wuhan, na China, com sintomas da Covid-19. O homem morreu cinco dias depois.

De acordo com informações publicadas pelos jornais “The New York Post” e “The Sun”, o animal de sete anos chegou com o homem aposentado ao hospital Taikang em fevereiro passado, no ápice da epidemia no país.

Sem saber que o seu dono jamais voltaria, o cão ficou no saguão do hospital à espera. Alimentado por funcionários, recebeu o nome de Xiao Bao.

Em abril, quando o governo local suspendeu parte das restrições, Xiao Bao passou a receber cuidados também de funcionários de um supermercado, que fica no mesmo prédio do hospital.

Com o passar do tempo, alguns pacientes começaram a reclamar da presença do animal. Por isso, os enfermeiros contataram a Associação de Proteção a Animais Pequenos de Wuhan, onde recebeu os cuidados de veterinários.

Após a morte do seu dono, a associação está à procura de um novo dono para o cão. 

Comentários