22/08/2014 16h07 – Atualizado em 22/08/2014 16h07

A medida tem como objetivo evitar pagamentos indevidos e fraudes, protegendo dessa forma, o cidadão

Larissa Lima

De acordo com informações do Instituto Nacional de Seguro Social (INSS), 18.091 segurados de Mato Grosso do Sul ainda não compareceram aos bancos para realizar a renovação de senha e comprovarem assim, estarem vivos. Dos 31,1 milhões de benefícios ativos, 29 milhões já foram renovados, faltando assim, dois milhões segundo dados captados no início do mês.

A renovação da senha, que deve ser feita anualmente, tem prazo para ser encerrada até o dia 31 de dezembro de 2014, sob a responsabilidade do dos bancos pagadores. Segurados que recebem por meio de conta corrente, conta poupança e cartão magnético devem realizar o procedimento, caso contrário, terão o pagamento do benefício suspenso. A medida, que é obrigatória, vem sendo realizada pelas instituições financeiras que efetuam o pagamento de benefícios desde 2012.

COMO RENOVAR

Os segurados do INSS que já realizaram cadastro não precisam passar pelo procedimento novamente e quem ainda não realizou a prova de vida deve comparecer à agência bancária portando documento de identificação com foto. Alguns bancos estão utilizando o sistema biométrico.

Caso o beneficiário não possa comparecer por motivo de doença ou dificuldade de locomoção, a renovação poderá ser feita por meio de procurador cadastrado no INSS e em caso resida no exterior, a comprovação pode ser feita mediante apresentação de documento emitido pelo consulado.

PROVA DE VIDA

Segundo o INSS, o objetivo da renovação de senha, que comprova que o beneficiário está vivo, é evitar pagamentos indevidos e fraudes, protegendo dessa forma, o cidadão.

Ainda de acordo com o Instituto, a renovação de senha e prova de vida não é o mesmo procedimento realizado no recadastramento dos aposentados da previdência privada complementar e do INSS.

Comentários