27/02/2012 16h59 – Atualizado em 27/02/2012 16h59

Correio do Estado

Os aposentados e pensionistas sul-mato-grossenses devem ficar atentos ao cadastro de vida do benefício do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) para não ter seu seguro cancelado. Para fazer a atualização, os bancos que repassam o seguro farão a convocação de todos os 300 mil beneficiários da Previdência em Mato Grosso do Sul para realizar o procedimento.

No Estado, o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal serão os primeiros a executar as ações. Vale lembrar que o aposentado ou pensionista não precisa comparecer nem às agências do instituto tampouco às unidades bancárias. Vai ficar a critério das instituições financeiras determinar a agenda de atualização nos sistemas. O objetivo é evitar transtornos nos atendimentos.

A convocação tem três objetivos: evitar fraudes nos pagamentos do seguro, melhorar o controle das instituições bancárias sobre as concessões, e atualizar o cadastro do instituto. Para realizar o processo, os bancos vão convocar os beneficiários pelo comprovante de pagamento, saldo ou extrato que é impresso nos terminais das agências, o que já ocorre em algumas instituições.

Quem recebe mensalmente o benefício também deverá renovar a senha e atualizar seu endereço. Neste caso, é necessária a presença do segurado, representante legal ou procurador cadastrado no INSS – mas isso só após a convocação.

Os bancos têm obrigação de convocar, anualmente, quem recebe o benefício por conta-corrente e conta-poupança para atualizar senhas. Antes, só concessões por cartão magnético exigiam o procedimento. Cada instituição tem a sua própria agenda de convocação, por isso, o segurado deve ficar atento aos chamados.

Comentários