09/11/2006 16h17 – Atualizado em 09/11/2006 16h17

Campo Grande News

A Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, através de seu diretor-presidente, Pedro Ortale, juntamente com todos os funcionários do órgão, divulgou nesta tarde, nota de pesar pelo falecimento do compositor Mário Zan, ocorrido na noite da última quarta-feira (8 de novembro). Conforme a nota divulgada pela Agência Popular, Mário Zan era o grande cancioneiro popular que viajou país afora, reproduzindo em sua música os sentimentos dos lugares por onde passou, como Corumbá e o Rio Paraguai, momento que ficou registrado em sua memória. Encantado com a região, Mato Grosso do Sul foi presenteado com “Chalana”, música que se tornou um dos ícones culturais de nosso Estado. Em reconhecimento ao talento e importância para a cultura de Mato Grosso do Sul, Mario Zan foi um dos homenageados na terceira edição do Festival América do Sul, em maio deste ano, na mesma Corumbá que tanto o inspirou. ”Nossa tristeza hoje é grande, mas temos a certeza de que Mario Zan navega agora em águas serenas”, destacou Ortale.

Comentários