08/03/2019 11h21

Empresa alega que não iniciou as obras pois aguarda resposta do Governo Estadual quanto à concessão de incentivo fiscal

Redação

A Cervejaria Cidade Imperial Petrópolis enviou um ofício à Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Três Lagoas para justificar o atraso no início das obras de implantação da fábrica na cidade.

No ofício, a empresa ainda afirma que “está firme em seu projeto de edificação de uma unidade fabril em Três Lagoas” que se instalará em Três Lagoas.

As obras deveriam começar no dia 10 de março, mas atrasarão porque os empresários ainda não receberam uma resposta do Governo Estadual quanto à concessão do incentivo fiscal requerido.

“Por parte da Secretaria nós estamos atentos e acompanhando o desenrolar desse acontecimento e fazendo contato junto ao Governo do Estado, com o apoio do nosso prefeito Angelo Guerreiro, para solucionar o mais rápido possível”, afirmou o secretário da SEDECT José Aparecido Moraes.

Após o início da obra, a empresa terá 32 meses para finalizar e começar a operar no Município. O investimento será se R$ 300 milhões e há a previsão de geração de 300 empregos diretos.

“Queremos fazer com que esse empreendimento inicie de forma séria no nosso município trazendo mais e melhores oportunidades de emprego para todos”, finalizou Moraes.

Projeto da fábrica da Cidade Imperial. Foto: Divulgação

Comentários