07/05/2015 09h04 – Atualizado em 07/05/2015 09h04

Anfiteatro da UCDB recebeu mais 800 acadêmicos interessados no jovem considera uma das 100 pessoas mais influentes do Brasil

Assessoria

Entusiasmo, palavras de esperança, foco e empreendedorismo foram palavras presentes nas apresentações da jovem empreendedora Bel Pesce, que esteve em Campo Grande, na noite desta quarta-feira (06), no anfiteatro do Bloco C da UCDB, em palestra promovida pelo IEL. Ela falou para mais de 800 jovens interessados em empreendedorismo, a maioria acadêmicos, sendo mais de 450 no anfiteatro e outros 350 que acompanharam a palestra transmitida ao vivo para outro anfiteatro da universidade.

“Desenvolver talentos. Este é o propósito do IEL e ao completar 35 anos brindamos as universidades parceiras trabalhando o tema empreendedorismo, que interessa e muito a nossa juventude”, declarou o superintendente do IEL, Bergson Amarilla, que fez a abertura da palestra de Bel Pesce, que na noite de terça-feira (05) esteve em Corumbá e, nesta quinta-feira (07), estará no anfiteatro da Unigran, em Dourados, enquanto na sexta-feira (08) vai a Três Lagoas, no anfiteatro da UFMS.

A pró-reitora de extensão e assuntos comunitários da UCDB, Luciane Pinto de Almeida, destacou a parceria de sucesso com o IEL. “Temos hoje jovem falando para jovem e isso é muito significativo, pois eles também estão em fase de trilhar seus caminhos, por isso a presença da Bel Pesce faz muita diferença e agrega conhecimento”, pontuou.

COMPROMISSO

Compromisso com a carreira do jovem foi o ponto principal da relação de Bel Pesce com o IEL. “O Instituto tem propósito claro de desenvolver os jovens, focado no compromisso com a carreira, ainda mais em um momento em que tantos eles, quanto as empresas parecem procurar a forma de lidar um com o outro. Por isso, a importância de ter uma entidade como o IEL preocupada em abrir a mente do jovem e com o compromisso de educação verdadeira”, declarou Bel Pesce.

Ela, que já foi considerada uma das “100 pessoas mais influentes dos Brasil”, pela Revista Época, eleita um dos “30 jovens mais promissores do Brasil”, pela Revista Forbes, e fez parte da seleta lista dos “10 líderes mundiais mais admirados pelos jovens”, pela Cia de Talentos, falou para o público sobre o seu primeiro livro, “A Menina do Vale”, disponibilizado gratuitamente na internet em 2012 e que atingiu, em menos de três meses, a marca de um milhão de downloads.

Bel Pesce também contou o tempo em que estudou no renomado Massachusetts Institute of Technology (MIT), onde se formou em Engenharia Elétrica, Ciências da Computação, Administração, Economia e Matemática. “As oportunidades foram surgindo e eu as abraçava. Depois vi que o conhecimento adquirido foi importante e me ajudou muito”, disse, completando que na época da universidade trabalhou na Microsoft, Google e Deutsche Bank e, após concluir os estudos, mudou-se para o Vale do Silício, na Califórnia, EUA, região conhecida por abrigar as sedes das maiores empresas de tecnologia do mundo.

“Foi lá que me inspirei no empreendedorismo e fundei as minhas empresas – como a startup Lemon Wallet. De volta ao Brasil, alinhei as minhas duas grandes paixões: o empreendedorismo e a educação, fundando a FazINOVA, uma escola de habilidades que carrega a missão de desenvolver talentos e transformar o Brasil em um país mais empreendedor”, destacou a jovem empreendedora, que lançou o segundo livro, “Procuram-se Super Herois”, que foi publicado em 2013 e segue a mesma linguagem objetiva do anterior, mostrando como podemos usar os poderes do relacionamento para transformar vidas.

Ela também detalhou o novo livro, “A Menina do Vale 2”, que mostra como criar projetos está diretamente ligado ao fato de assumir responsabilidades. Se para Bel Pesce falar para um grande público de jovens, alguns na idade, outros na mentalidade, é uma honra, como ela descreve, para quem se inspirou nas histórias para alçar voo é ainda mais.

PÚBLICO

Aleyne Lins Alves, 35 anos, é enfermeira de formação e empreendedora por propósito de vida. Cheia de ideias, está, aos poucos, implementando-as. Leitora dos livros de Bel Pesce, Aleyne diz que se sentiu honrada ao encontrar a jovem escritora. “Fico emocionada, pois estou em um momento de empreender e os livros me ajudaram muito”, disse com lágrimas nos olhos, tamanha a emoção.

Essa inspiração também motivou o acadêmico de Psicologia, Bruno Vinicius Silva da cunha, 23 anos, estudante 10º semestre. “Todos temos dentro de nós essa semente do empreendedorismo e conhecendo a história dela vejo o quanto somos capazes”, disse ele, que faz estágio onde tem a oportunidade de ter contato com a área de desenvolvimento de pessoas.

Micaela da Paz Fonseca, 18 anos, estudante 3º semestre de Administração, disse que a Bel é uma grande inspiração. “Estou no momento de estabelecer o que quero para o futuro e ela, com certeza me inspira, pois, mostra que é possível conseguir alcançar o que se deseja”, pontuou. Thiago Santiago Barbosa, 23 anos, estudante de Engenharia Civil, disse que encontra semelhanças entre ele e Bel. “Eu também estudei Matemática e tenho o sonho de ir para Harvard por isso fiz questão de conhecer participar da palestra”, afirmou.

PROGRAMAÇÃO

07/05 – Dourados – Anfiteatro da Unigran – às 19 horas

08/05 – Três Lagoas – Anfiteatro da UFMS – às 19 horas

Segundo a palestrante, o jovem deve lidar da melhor forma possível em relação à carreira. (Foto: Divulgação)

A palestra contou com a participação de muitos jovens. (Foto: Divulgação)

Comentários