24/04/2013 08h57 – Atualizado em 24/04/2013 08h57

Em Paranaíba, números da campanha de vacinação contra a gripe são insatisfatórios

Da Redação

Até o momento os números da campanha de vacinação contra a gripe são insatisfatórios em Paranaíba. A ação, prevista para terminar na sexta-feira (26), imunizou somente cerca de 25% do público alvo. A iniciativa é destinada aos idosos acima de 60 anos, crianças com idade entre seis meses e dois anos, gestantes e puérperas, que são mulheres no período de até 45 dias após o parto, e profissionais da área da saúde.

De acordo com Lílian Simão Rossi, coordenadora municipal de Imunização, até o último sábado (dia D), os números não são satisfatórios. “A procura não atingiu as nossas expectativas”, observou.

A campanha começou no último dia 15 e terminará no próximo dia 26. Em Paranaíba, a meta é vacinar 7.116 pessoas, subdivididas em grupos. Das 785 crianças de seis meses a dois anos que devem ser vacinas, apenas 170 foram vacinadas. Somente 231 trabalhadores de saúde, dos 743 que deveriam ser imunizados, participaram da campanha. Das 392 gestantes, até o momento 101 procuraram as unidades de saúde. Já 24 puérperas, das 64 que precisam ser vacinadas, participaram. Paranaíba tem 5.132 idosos que devem ser imunizados, mas apenas 1.358 foram vacinados.

Os números gerais da campanha até o dia D mostram que foram vacinadas 1.884 pessoas, sendo que a meta é vacinar 7.116 pessoas.

A coordenadora não sabe ao certo explicar os baixos números, mas um dos fatores pode ser a falta de informação. “Todo ano existe essa demora, algum receio da vacina. As pessoas não precisam se preocupar porque a vacina não tem reações, e quanto antes a pessoa tomar, mas rápido ela será imunizada”, explicou.

(*) Com informações de Jornal Tribuna Livre

Comentários