09/03/2016 10h26 – Atualizado em 09/03/2016 10h26

O evento, que é uma homenagem ao Dia Internacional da Mulher, abriu as portas para discutir o papel da mulher na sociedade.

Assessoria

Em homenagem ao Dia Internacional da Mulher a Secretaria Municipal de Assistência Social realizou nesta terça-feira (08), no plenário da Câmara Municipal de Três Lagoas o evento “Roda de Conversa” que teve por objetivo provocar e levar os participantes a uma reflexão de toda problemática vivenciada pela mulher numa realidade diferenciada e que faz com que a mulher seja a “Protagonista de sua própria vida no mundo atual”.

Segundo Vera Rennó, que é secretaria de assistência social, o Centro de Referência Especializado da Assistência Social (CREAS), recebe constantemente mulheres que sofreram algum tipo de agressão, sendo que somente neste ano foram cerca de 50 casos registrados. “Temos uma equipe multidisciplinar e muito bem preparada para atendê-las”, ressaltou.

O evento contou ainda com a presença de diversas mulheres como Tia Nega, do Centro de Convivência Tia Nega; que contaram suas experiência e conquistas dentro da sociedade através do tempo.

PRESENÇAS

Também estiveram presentes Lourdes Palhares, presidente da Rede Feminina de Combate ao Câncer; Gabriele Zani, diretora da Proteção Social; Sandro Alves, diretor financeiro; Semiramis Silva, que na ocasião representou à delegada Letícia Mobis, da Delegacia de Atendimento a Mulher (DAM); Eliane Aparecida, coordenadora do CRAS Ruth Filgueiras; Priscila Zanardi, representando da Faculdade AEMS; Vera Lúcia, Pelotão Mirim; Barbara Lazara, Unidade de Acolhimento; Margarida Lopo, do Centro de Convivência Tia Nega; Gina Marta, coordenadora do CRAS São João; Maria Solange, Bombeiros do Amanhã; Solange Sanxo, Centro Pop; Sônia Lúcia, SEJUVE; Maria Auxiliadora, Patrulha Florestinha, além de representantes da sociedade civil e empresariado local.

O evento “Roda de Conversa” que teve por objetivo provocar e levar os participantes a uma reflexão de toda problemática vivenciada pela mulher numa realidade diferenciada. (Foto: Assessoria)

Comentários