11/07/2017 14h50

Vítima diz que apanhou pelo fato de trazer mais pessoas ao ‘evangelho’ do que o acusado. Homem foi parar no hospital

Lucas Gustavo

Um pastor evangélico, de 48 anos, apanhou de outro, de 53, na manhã desta terça-feira (11) em Selvíria, município distante 75 quilômetros de Três Lagoas. A vítima foi atingida com pelo menos três socos no rosto e precisou receber atendimento médico. Ciúmes teria sido o motivo da briga entre os dois religiosos. O caso foi parar na polícia.

De acordo com o boletim de ocorrência, o pastor agredido contou que o acusado estaria com raiva pelo fato de ele atrair mais fiéis ao ‘evangelho’. A vítima recebeu os socos no meio da rua e, ensanguentada, procurou a Polícia Civil. O suspeito teria ido embora depois da confusão.

Em entrevista ao Perfil News, o delegado Fernando Casati explicou que, conforme o registro do caso, o acusado é de Santa Cataria e teria iniciado uma igreja em Selvíria. Já o pastor agredido veio de Pereira Barreto (SP) e também desejava abrir um templo religioso na cidade.

Segundo o delegado, agora, a ocorrência será encaminhada ao Juizado Especial. Ele acredita que os dois envolvidos serão intimados para uma audiência de conciliação. O caso é tratado como lesão corporal dolosa.

Caso foi registrado pela Polícia Civil de Selvíria. (Foto: Arquivo/ Perfil News).

Comentários