20.6 C
Três Lagoas
quarta-feira, 20 de outubro, 2021
InícioNotíciasTrês LagoasEm Três Lagoas Câmara de Vereadores sedia ação “Procon na Rua”

Em Três Lagoas Câmara de Vereadores sedia ação “Procon na Rua”

A população será atendida tanto no plenário como em um escritório móvel, uma van que ficará estacionada na Rua Sunao Miúra, nº71

Nesta quarta-feira (22), o Plenário da Câmara Municipal de Três Lagoas virou sede da ação “Procon na Rua”, que tem como objetivo aproximar o órgão de defesa do consumidor da população três-lagoense. O projeto conta com o apoio dos poderes executivo e legislativo.

Por meio da ação, o Procon MS realizará o atendimento e orientação aos consumidores que estejam diante de conflitos relacionados ao consumo. A população será atendida tanto no plenário como em um escritório móvel, uma van que ficará estacionada na Rua Sunao Miúra, nº71 (em frente à Câmara Municipal), das 7h às 11h e das 13h às 17h.

Na solenidade de abertura da ação, o diretor do órgão em Três Lagoas, Luís Akira Otsubo, (foto), agradeceu a parceira com a Casa do Povo e a presença do superintendente do Procon de Mato Grosso do Sul, Marcelo Salomão.

O presidente da Câmara, vereador Dr. Cassiano Maia, e os vereadores Marcus Bazé, Evalda Reis e Dr. Issam Fares Junior também usaram a palavra para demonstrar apoio, elogiar a ação e reforçar sua importância. “Algumas pessoas nem sabem que existe uma legislação que protege ela e por isso, não poderia deixar de manifestar minha alegria por ver essa iniciativa”, ressaltou Issam Fares. Também estava presente o vereador Davis Martinelli e Sayuri Baez.

Representando o prefeito, José Aparecido Moraes, (foto) chefe de gabinete, e o representante do Governo de Mato Grosso do Sul, Jorge Martinho, também defenderam a importância da ação. O superintendente Salomão destacou que “a van já viajou 12 municípios e tem uma agenda extensa até o final do ano”.

“Somos um órgão combativo. Nesse ano, foram mais de 6.500 ações. Por exemplo, aquele consumidor que nem sabe que vai ter a sua aposentadoria e já recebe uma avalanche de contato oferecendo serviços para aposentados. Essa é apenas uma das vergonhas que o Procon combate”, exemplificou Salomão, (foto), que concluiu dizendo que as empresas precisam entender que o consumidor é o laço mais fraco no consumo.

Representante do Governo de Mato Grosso do Sul, Jorge Martinho (Foto: Assessoria)

ATENDIMENTO

Os atendimentos consistirão no registro da reclamação no sistema SINDEC (Sistema Nacional do Consumidor), uma Carta de Informação Preliminar (CIP), que é a abertura de um processo administrativo que tem um prazo de resposta de 10 dias úteis. O consumidor reclamante, ao final do atendimento, sairá com uma data para retornar ao Procon e receber a resposta da empresa.

É necessário: RG e CPF, CNH, comprovante de endereço, protocolo ou ordem de serviço, faturas, extratos e demais documentos referentes ao caso.

Comentários
MATÉRIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Comentários
error: Este Conteúdo é protegido! O Perfil News reserva-se ao direito de proteger o seu conteúdo contra cópia e plágio.