(*) atualizada às 16h21

O Departamento de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado (DRACCO), da Polícia Civil, deflagrou nesta terça-feira (19) uma operação contra organização criminosa especializada em praticar fraude para recebimento de indenização ou valor de seguro e outros crimes. As informações são do Diário Digital.

Ao todo foram cumpridos oito mandados de busca e apreensão em residência de pessoas e empresas investigadas. As ações ocorreram nas cidades de Três Lagoas, Água Clara, Uberlândia (MG) e São José do Rio Preto (SP).

O empresário E.A.S., 48 anos, foi preso preventivamente em Três Lagoas, sendo apontado como líder da organização. Ele já havia sido denunciado em 2006 pelo Ministério Público, na Operação Medeia, por envolvimento em roubo de caminhões e chegou a ser preso em 2008.

A operação foi coordenada pelo DRACCO e contou com o apoio das Delegacias de Três Lagoas, Água Clara, Selvíria, Uberlândia (MG) e São José do Rio Preto (SP), além da perito do Instituto de Criminalística.

Fotos: Divulgação Polícia Civil

Até o momento foram apreendidos diversos veículos com indícios de adulteração e com suspeita em sua origem. Os policiais também localizaram uma arma de fogo do tipo pistola em desacordo com a legislação. Apreenderam ainda montante em dinheiro que ainda não teve demonstração de origem.

(*) Com informações de Avelino Neto

Comentários