22/06/2017 11h08

Movimento vai acontecer no próximo dia 30. Segundo os organizadores, objetivo é lutar contra as reformas trabalhistas e previdenciária

Flávio Veras

O Movimento Unificado de Três Lagoas; – grupo composto por diretores e presidentes dos sindicatos da cidade; – vai se reunir, hoje (22), para discutir a paralisação que vai acontecer no próximo dia 30, na sede do Sindicato dos Bancários. No encontro será debatido as diretrizes da paralisação.

Segundo a presidente do Sindicato dos Bancários, Thelma Regina Rocha Canisso, na reunião eles definirão quais ações serão realizadas no dia. “Com a manifestação, queremos atingir o maior número de trabalhadores possível. Ideal seria se todos eles tivessem a consciência da importância dessa paralisação, mas infelizmente eles não conhecem. Portanto, vamos discutir medidas para que possamos conscientiza-los melhor, argumentou”.

De acordo com os organizadores, a greve geral terá o mesmo objetivo do último movimento realizado no dia 28 de abril deste ano. Portanto, eles afirmam que a intenção dela é uma resposta ao pacote de medidas lançadas pelo Governo de Michel Temer, com especial foco na reforma trabalhista e da Previdência. Embora a adesão dá sinais de ter crescido nos últimos dias.

Outro movimento ocorreu no ultimo dia 28/03. (Foto: Perfil News/Arquivo)

Comentários